Walace tenta manobra para evitar posse de Lucimar Campos em VG

06/05/2015 – Apesar de ter o diploma de prefeito cassado pela Justiça Eleitoral, Walace Guimarães (PMDB) articula uma manobra para tentar evitar a posse da ex-primeira-dama Lucimar Campos (DEM), segunda colocada nas eleições de 2012. De acordo com a decisão do juiz José Luiz Lindote, pelo fato do prefeito eleito não ter maioria absoluta dos votos na eleição, ou seja menos de 50%, a segunda colocada deve ser empossada em até 24 horas.
Todavia, o grupo político do prefeito acredita que, com Walace e Wiltinho renunciando antes de ser notificado da decisão do juiz eleitoral, a ex-primeira-dama não teria direito a posse. No caso, quem assume o mandato é o presidente da Câmara, vereador Jânio Calistro (PMDB).
Uma fonte do FOLHAMAX informou que a manobra já está em andamento. “Vereadores estão trancados e irão ler a renúncia do prefeito Walace para dar posse definitivo ao vereador Janio Calistro”, disse.
Não está descartada, inclusive, a realização de uma sessão extraordinária nesta terça-feira para que a carta de renúncia de Walace e a conseqüente posse de Calistro seja efetivada.
O objetivo do grupo político que ainda comanda o Paço Couto Magalhães é de que Campos trave nova batalha jurídica para tomar posse como prefeita.

premium

Ler Anterior

“Várzea Grande precisa de mudanças urgentes” diz Lucimar Campos

Leia em seguida

Câmara dos Deputados aprova a “PEC da Bengala”

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *