Vereador Professor Néviton Moraes (PRB) consegue aprovação do Projeto que cria a Resolução nº 002/2016, instituindo a Comenda Educador Carlos Alberto Reyes Maldonado

12/06/2016 – O vereador Professor Néviton Moraes (PRB) conseguiu aprovação do Projeto que cria a Resolução nº 002 de 31 de Maio de 2016, instituindo a Comenda Educador Carlos Alberto Reyes Maldonado, destinada a homenagear pessoas físicas ou jurídicas que tenham se destacado por ações na área da ‪‎Educação. A Comenda será entregue, anualmente, na última semana do mês de Outubro, ou seja, na semana que comemora o ‪‎Dia do Professor (15 de Outubro), em Sessão Especial ou, excepcionalmente, em outra data com relevante significado, com anuência da Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cuiabá. O Projeto foi aprovado na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara Municipal de Cuiabá criando a resolução.

Segundo o Professor Néviton, o objetivo do Projeto é homenagear pessoas que se destacaram em ações voltadas especificamente a Educação. O Educador Carlos Maldonado, contribuiu muito com suas idéias e ações voltadas à melhoria da Educação Pública de qualidade em Cuiabá e no Estado de Mato Grosso. Desta feita e pelos seus relevantes serviços prestados a Educação, queremos instituir à Comenda Educador Carlos Alberto Reyes Maldonado.
Com a aprovação do Projeto de Resolução nº002 de 31 de Maio de 2016 pelos vereadores e a Mesa Diretora da Câmara Municipal de Cuiabá, cada vereador poderá propor 10 (dez) comendas, acompanhadas de diploma e medalha a serem concedidas as personalidades da área da Educação.
Histórico
Carlos Alberto Reyes Maldonado era bacharel em direito pela Universidade de São Paulo (USP) e, ao retornar à cidade de Cáceres, ingressou, em 1986, como professor de Ciências Sociais, na Fundação Centro Universitário de Cáceres (FCUC). Em 1989, foi eleito pela comunidade acadêmica para o cargo de Coordenador do Centro Universitário, período em que se deu a criação da Fundação Centro de Ensino Superior de Cáceres (FCESC). À época, priorizou, entre outras ações, o projeto de expansão regionalizada da universidade, em consórcio com as prefeituras municipais.

Tais políticas foram cruciais para a criação do campus de Sinop e dos campi de Alta Floresta, Pontes e Lacerda, Alto Araguaia, Nova Xavantina e Nova Luciara. Maldonado viabilizou, com gestores, junto ao Governo do Estado e à Assembleia Legislativa, o primeiro concurso público para o magistério superior e o primeiro Plano de Cargos, Carreiras e Salários dos Docentes da Unemat, efetivando o início do enquadramento dos professores. Foi o primeiro reitor eleito e um dos idealizadores da Unemat, criada a partir do Instituto de Ensino Superior de Cáceres, quando assumiu a Universidade em 1994, a instituição possuía quatro cursos e atuação em uma única cidade.

Ao renunciar ao segundo mandato eletivo, a Unemat contava com campi em 12 cidades e 43 cursos, numa área de cobertura de cerca de 90 municípios. Além disso, Carlos Maldonado publicou vários livros e comandou a pasta da Educação no Estado entre os anos de 1996 e 1998, e em Cuiabá entre os anos de 2001 e 2004, onde idealizou a criação da FUNEC – Fundação Educacional de Cuiabá e da UPC – Universidade Popular Comunitária.
Carlos Alberto Reyes Maldonado, 54, morreu em (30/01/2016), em decorrência de um Acidente Vascular Cerebral.

Redação Cuiabahoje

premium

Ler Anterior

Termo de parceria visa fim à judicialização da saúde

Leia em seguida

Vereador Professor Néviton Moraes (PRB) consegue aprovação do Projeto que cria a Resolução nº 002/2016, instituindo a Comenda Educador Carlos Alberto Reyes Maldonado

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *