• 4 de março de 2021

Venha trabalhar pela coletividade junto à Comissão de Defesa do Consumidor

Trabalhar para a coletividade é um dom, uma dádiva que jamais poderá restar apagada pelo egoísmo subjetivo da natureza humana.

Digo isto, pois, seria uma heresia um ser humano dotado deste dom desperdiça-lo sem ao menos tenta-lo comungar com seus pares e impares, sejam eles de profissão, vivência, cidade, Estado, País, etc.

Neste sentido há mais de cinco anos por uma coincidência do destino fui convidado, ainda quando era estagiário a participar da Comissão Temática dos Estagiários de Direito da OAB/MT.

Ainda muito novo e sem muita experiência lancei-me nesse desafio amistoso e incrivelmente engrandecedor nos fitos profissional e pessoal, fazendo despertar em mim e noutros colegas o dom em epígrafe mencionado que, até então, não sabíamos que detínhamos tamanha sua força.

Anos se passaram, coleguismos e amizades formaram-se e, se houve inimizades, estas eu desconheço, pois quando você se doa a coletividade não sobram espaços para mesquinhez, vaidades, dentre outras características que desabonem e não coadunam com referido dom.

Destarte, com a experiência, percebemos que nossas características mudam, a forma de agir idem, porem o pensamento e a energia canalizados para a concretude da realização dos ideais coletivistas permanecem os mesmos.

E foi assim que, após anos de estudos, foco, disciplina e determinação, mas, principalmente amor, devoção e doação ao interesse da coletividade, fui escolhido para presidir a Comissão de Defesa do Consumidor da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso.

Assim permanecerei neste caminho espinhoso, desafiador, mas que ao mesmo tempo é grandioso e gratificante, haja vista como dito alhures ser a realização dum sonho!

Assim sendo, a Comissão de Defesa do Consumidor de forma incessante, incansável e onipresente em todos os órgãos e entidades que corroboram e atuam nesta seara, mediante seus colaboradores, admiradores, membros, diretoria e todos que a comportem direta e indiretamente, está de portas abertas e de cabeça erguida para defender as prerrogativas e direitos dos mais vulneráveis nesta relação (consumerista) tão desigual.

Costumamos dizer que além de sermos advogados, passamos a ser mais humanos fazendo parte duma comissão como esta que sempre estará, nos limites das suas atribuições, pugnando a defesa e os interesses do cidadão consumidor, jurisdicionado ou não!

Venha somar força, uma advocacia unida faz a transformação do país!

Rodrigo Palomares Maiolino de Mendonça é advogado e presidente da Comissão de Defesa do Consumidor da OABMT

premium

Ler Anterior

Em depoimento à CPI, Superintendente da Caixa acredita em conclusão do VLT com R$1,477 bi

Leia em seguida

Acadêmicos do Univag participam de visita guiada no TRE-MT

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *