• 8 de março de 2021

TRT-MT entrega novo fórum de Tangará da Serra

16/04/2015 – “Saio daqui com a sensação de que levo a nota promissória de uma dívida que conseguimos quitar com essa sociedade”. Com essas palavras o presidente do TRT de Mato Grosso, desembargador Edson Bueno, encerrou seu discurso na solenidade de inauguração da nova sede do Fórum Trabalhista de Tangará da Serra. O evento ocorreu no início da tarde dessa terça-feira (14), no saguão de entrada do novo prédio.

Com 835m² de área construída, a obra oficialmente entregue pelo Tribunal abrigará de forma plena as duas varas trabalhistas do município, garantindo conforto às equipes internas e a quem busca os serviços das unidades. “Não é uma casa de luxo, mas uma casa com conforto para atender bem à comunidade da região, bem como servidores e magistrados e todos aqueles que, de forma episódica ou frequente, por aqui circulam”, acrescentou o presidente.

A obra teve início na gestão do desembargador Osmair Couto, em 2011, que lançou a pedra fundamental de sua edificação. Ela continuou na administração do desembargador Tarcísio Valente e foi concluída agora, sob a Presidência do desembargador Edson Bueno. Problemas gerados pelo descumprimento contratual por parte da primeira empresa contratada para erguer a nova sede ocasionaram o atraso.

Os dois ex-presidentes estiveram na solenidade, prestigiando a entrega do prédio. “Uns plantam para outros colherem”, destacou o desembargador Osmair Couto. Segundo ele, é natural que projetos iniciados por uns sejam continuados e concluídos por outros, de modo a beneficiar a coletividade. “Foi o que aconteceu com essa obra, que passou por três administrações”, disse.

Orçada em 2,2 milhões de reais, a nova sede do Fórum de Tangará da Serra ocupa um terreno de 2.700m², doado pelo município.

Cada uma das duas varas conta com dois gabinetes para juízes, sala de audiência, sala para assistentes e uma ampla secretaria. De forma comum há também o espaço destinado aos oficiais de justiça, refeitório e banheiro, nos fundos do prédio. Na entrada, além do saguão de recepção e espera, há ainda o local destinado à OAB, Caixa Econômica Federal, Secretaria do Foro e Vara da Cidadania.

Soma-se a esses espaços o arquivo da unidade, com 74m², e as áreas reservadas para estacionamento interno e externo, com 17 e 20 vagas, respectivamente, para veículos.

Um presente

Apesar de a inauguração ter ocorrido nesta terça, a nova sede, todavia, já é ocupada há um mês pelos servidores e magistrados, quando foi realizada a mudança das antigas para as novas instalações. A juíza da 1ª Vara e diretora do Foro, Deizimar Mendonça, lembrou que o antigo prédio já não era mais suficiente para abrigar as equipes com qualidade, nem para atender bem o cidadão.

Ela destacou os esforços do Tribunal e agradeceu ao empenho de cada administração. “Tenho a alegria de ver os três desembargadores responsáveis por estarmos em instalações tão adequadas e confortáveis. Quero agradecer ao Osmair Couto, por lançar a pedra fundamental, ao Tarcísio Valente, pelos esforços para continuarmos com essa obra, e ao presidente Edson Bueno, que conseguiu concretizar finalmente o nosso sonho”, disse.

“Essa obra maravilhosa é um presente para Tangará da Serra”, disse, por sua vez, o prefeito Fábio Junqueira, também presente à solenidade de inauguração. Conforme contou, o município está a um mês da data em que se comemora 39 anos de sua emancipação política e a entrega, pelo Tribunal, do que chamou de “prédio magnífico”, vem a somar com às festividades em torno do aniversário.DA REDAÇÃO COM TRT

premium

Ler Anterior

AMAM defende juiz e diz que Defensoria foi “desatenta”

Leia em seguida

Prisão sem mandado judicial é ato de improbidade administrativa

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *