TRE orienta servidores sobre aposentadoria e Regime de Previdência Complementar

A Justiça Eleitoral em Mato Grosso promoveu palestras dirigidas aos servidores para orientá-los sobre o Regime de Previdência Complementar e o Fundo de Previdência Complementar do Servidor Público Federal do Poder Judiciário (Funpresp-Jud), aos quais eles podem aderir como participante patrocinado. Foram duas palestras, realizadas nos dias 19 e 24 de junho.

O objetivo foi proporcionar conhecimento básico sobre as regras da aposentadoria, para os servidores que ingressaram no TRE até a data de 13 de outubro de 2013 e que terão o prazo encerrado no dia 13 de outubro de 2015 para optarem pela adesão ao Funpreps-Jud.

A servidora Madeleine Nunes ministrou palestra sobre os aspectos jurídicos da aposentadoria e da pensão civil. O representante da Funpresp-Jud, Edmilson Chagas, deu continuidade ao Ciclo de Palestras com o tema “Regime Complementar de Previdência”. Ele apresentou por meio de planilhas o funcionamento do sistema.

 

Diretor Geral presta contas aos servidores da 1ª instância

O diretor-geral do TRE-MT, Felipe Biato, aproveitou o ciclo de palestras sobre previdência para se reunir com os chefes dos 60 cartórios eleitorais para prestar contas das ações desenvolvidas pela alta direção do tribunal, além de ouvir sugestões dos servidores da 1ª instância.

De acordo com o diretor geral, trata-se de uma iniciativa voltada para o fortalecimento da comunicação interna, que visa atingir principalmente os servidores da 1ª instância da Justiça Eleitoral.

“Nosso objetivo é permitir que eles tenham conhecimento dos rumos e das principais ações da administração, em especial aquelas que tem maior repercussão nos cartórios”, disse.

Entre os tópicos abordados pelo diretor-geral estavam a biometria, capacitação, requisição de servidores, mutirões, banco de horas e investimentos previstos para o Tribunal.

premium

Ler Anterior

Os Reflexos do Novo Código de Processo Civil nos Embargos à Execução Fiscal

Leia em seguida

25/06/2015 – Cartórios poderão informar ao Detran sobre transferências de veículos

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *