• 22 de abril de 2021

> Tocha Olímpica ficará dois dias em Mato Grosso

Chama percorrerá os principais pontos turísticos do Estado. Quem quiser carregá-la tem até outubro para se candidatar no site oficial e dos patrocinadores 

Em reunião realizada nesta sexta-feira (04) entre representantes do Governo do Estado, Prefeitura de Cuiabá, Governo Federal e organizadores das Olímpiadas 2016 ficou definido que Mato Grosso receberá a Tocha Olímpica em junho do próximo ano. O Estado será o único a receber o símbolo dos jogos da amizade por dois dias.

No primeiro dia ela percorrerá 23 km em Várzea Grande e Cuiabá, saindo do aeroporto Marechal Rondon e finalizando o percurso na Arena Pantanal, onde haverá um show de encerramento. O trajeto que está sendo feito passará por diversos pontos turísticos e monumentos históricos das duas cidades. No segundo dia a chama segue para alguns municípios turísticos do Estado que ainda serão definidos pela organização do evento.

Será uma oportunidade ímpar de Mato Grosso mostrar seu potencial turístico ao Brasil e ao mundo mais uma vez. A exemplo do que foi feito em outros países, a troca dos condutores da tocha será feita preferencialmente em frente a esses pontos turísticos, para que belas imagens possam ser captadas.

“A vinda da Tocha será muito importante para divulgação do potencial turístico de Mato Grosso. Agora vamos sentar com o município e definir as ações e atribuições entre a Prefeitura e o Governo”, destaca o secretário-adjunto de Turismo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec), Luis Carlos Nigro.

A Tocha é um símbolo fundamental do movimento olímpico e representa seus ideais. O seu revezamento será feito a cada 200 metros e visa atingir o maior número de pessoas, criando um sentimento de pertencimento entre as pessoas.

Conforme Antônia Moro, gerente regional de revezamento da Tocha Olímpica Rio 2016, o revezamento é um meio de aumentar o interesse, a participação e a união do povo brasileiro em torno dos jogos. “A intenção é fazer com que todos se sintam parte das olimpíadas. Esperamos que todos só pensem nisso. Queremos que os mato-grossenses contem os dias para a celebração do revezamento porque teremos várias atrações, além de ser um momento muito especial”, declarou.

A jornada da Tocha começa em maio de 2016, na Grécia, onde será acesa em Atenas. De lá, a peça segue direto para o Brasil em um avião. Chegando em Brasília começa o revezamento que irá durar cerca de 90 dias percorrendo aproximadamente 300 municípios, chegando ao Rio de Janeiro em agosto para a cerimônia de abertura dos jogos.

Durante a rota do revezamento no Brasil, ela será carregada por cerca de 12 mil condutores, movendo-se por 19,7 mil km de rota terrestre e 8,8 mil km de rota aérea, em até quatro cidades por dia. Inicialmente, foram escolhidos 82 municípios brasileiros onde a Tocha Olímpica deverá pernoitar.

Os interessados em conduzi-la podem se cadastrar no site dos patrocinadores e das Olimpíadas 2016 até o mês de outubro. A única exigência é ser maior de 12 anos, não exercer nenhum cargo eletivo e não ter antecedentes criminais. São patrocinadores dos jogos o banco Bradesco, a Coca Cola e a Nissan.http://www.rio2016.com/tochaolimpica/

Fonte D`LAILA BORGES Assessoria/Sedec-MT

 

premium

Ler Anterior

> Consumidor : Palestrantes de renome estarão na OABMT para Ciclo de Palestras na próxima terça

Leia em seguida

> Tabaporã divulga aprovados para conciliador

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *