STJ divulga teses sobre crimes tributários, econômicos e contra consumidores

05/10/2017 – O Superior Tribunal de Justiça divulgou nesta quarta-feira (4/10) a edição 90 do Jurisprudência em Teses, que trata de crimes tributários, econômicos e contra consumidores.

Segundo uma das teses destacadas, no caso de crime tributário, o aumento da pena-base é justificável quando o montante do tributo sonegado é expressivo, tendo em vista a valoração negativa das consequências do crime.

Outro entendimento define que deixar de fornecer, quando obrigatório, nota fiscal a respeito de venda de mercadoria ou prestação de serviço, ou fornecê-la em desacordo com a legislação, crime tipificado no artigo 1º, inciso V, da Lei 8.137/90, é delito formal e prescinde do processo administrativo-fiscal para o desencadeamento da persecução penal, não se sujeitando aos termos da Súmula 24 do Supremo Tribunal Federal. Com informações da Assessoria de Imprensa do STJ.

premium

Ler Anterior

Câmara dos Deputados aprova o fim do voto de qualidade no Carf

Leia em seguida

Temer entrega defesa na CCJ da Câmara e afirma que Janot não tinha provas

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *