Socioeducativo: TJMT recebe aplausos do CNJ

08/04/2015- O investimento na regionalização com a construção de Centros Socioeducativos em Mato Grosso, destinados à ressocialização de jovens em conflito com a lei, é destaque e tido como exemplo pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ) e pela Corregedoria Nacional de Justiça, conforme publicação no portal de ambas as instituições.

Iniciativa do presidente do Tribunal de Justiça (TJMT), desembargador Paulo da Cunha, em firmar parceria com o Governo do Estado na destinação de recursos para o cumprimento da Constituição Federal, tem como objetivo buscar oportunidade de resgate da Justiça da Infância e Juventude no Estado.

A publicação no site do CNJ fala sobre a importância da harmonia entre o Judiciário e o Executivo, cita a construção do Centro Socioeducativo de Lucas do Rio Verde, inaugurado no dia 24 de março e o investimento para a construção de mais 14 unidades de ressocialização.

A matéria reitera ainda a importância de obras como essa e ressalta como exemplo que merece ser seguido. “Inaugurações como a desse novo centro já merecem o nosso reconhecimento, mas, principalmente, por reconhecer a importância da união de forças para ações que beneficiem a sociedade, recebem o nosso aplauso!”, diz trecho da matéria.

Confira aqui a íntegra da matéria publicada no site do CNJ.
http://www.cnj.jus.br/corregedoriainst/nosso-aplauso/78961-unir-para-realizar

premium

Ler Anterior

Juíza nega absolvição a José Riva e desmembra ação

Leia em seguida

Magistrados visitam postos da Justiça Comunitária

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *