SisconDJ permite consulta virtual de dados

29/07/2016 – O Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT) tem se utilizado cada vez mais de recursos tecnológicos para oferecer conforto e celeridade aos operadores do Direito na hora de recorrer à Justiça. Recentemente o Sistema de Controle de Depósitos Judiciais (SisconDJ) desenvolveu uma ferramenta que vem ao encontro dessa premissa, ao permitir que os advogados acessem virtualmente os alvarás, extratos dos depósitos judicias e pagamentos realizados, por meio de um relatório integrado ao sistema.

A ferramenta atende a um pedido feito pela Ordem dos Advogados do Brasil Seccional Mato Grosso (OAB-MT), devido ao grande volume de solicitações por parte dos seus profissionais para facilitar a devida identificação. Para que essa ferramenta chegue ao conhecimento de todas as comarcas, o Departamento de Depósitos Judiciais do TJMT expediu um ofício circular orientando todos os gestores a proceder ao preenchimento do campo ‘advogado companheiro’ no Sistema de Controle.

tj economia

A diretora do Departamento de Depósitos Judiciais do TJMT, Cláudia Regina Dias Amorim, explica que a inciativa faz parte de uma ação do Tribunal de Justiça em parceria com o Banco do Brasil e traz vantagens como agilidade em todo trâmite e economia de tempo, papel e telefone, resultando numa melhor prestação jurisdicional.

“Os advogados perdem tempo para entrar em contato conosco para obter estas informações, enquanto já existe uma ferramenta implantada no SisconDJ que permite a consulta do comprovante de pagamento do alvará pela internet, de forma rápida e fácil. Hoje expedimos uma média de 500 alvarás por dia e o fluxo intenso de ligações acaba prejudicando a rotina dos servidores”, diz.

A diretora ressalta ainda que antes da instalação da ferramenta, o trâmite demorava cerca de três a quatro dias, dependendo do volume da demanda, visto que era feito tudo de forma manual e física. Hoje o tempo de espera é de aproximadamente 48 horas, garantindo economia de papel e agilidade no procedimento.

Como fazer – A partir do momento em que o gestor da unidade judiciária insere o CPF no alvará, já é possível rastrear todos esses documentos que foram expedidos por meio do SisconDJ. O site do Banco do Brasil também permite o acesso ao comprovante com o valor e a data que foram feitos os créditos. Lembrando que para expedir o alvará é necessária a inserção do CPF do advogado e do número da conta judicial.

O SisconDJ está localizado no Portal do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (www.tjmt.jus.br), no canto esquerdo, abaixo do menu horizontal. Para acessar clique em ‘Depósitos Judiciais’ que aparecerá a aba ‘SisconDJ’, onde a guia poderá ser emitida para pagamento. O acesso para consultar o extrato de pagamento do alvará é feito pelo site do Banco do Brasil (www.bb.com.br). O mesmo só pode ser consultado mediante informação da ‘conta judicial’, disponível no sistema SisconDJ, por meio de cadastramento do advogado ao processo, como já ocorre cotidianamente.

Saiba mais:

Advogados já podem acessar extratos na internet
http://www.tjmt.jus.br/noticias/41068#.V2nBX0wrKUk

Guia gerada via Siscondj será regra a partir de 4ª
http://www.tjmt.jus.br/noticias/25748#.V2nBLkwrKUk

Redação JA/ Por Mariana Vianna

premium

Ler Anterior

Governo não acata totalidade de sugestões do Fórum e já anuncia possível atraso

Leia em seguida

Pleno aprova homologação do concurso do TJMT

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *