> Sinop abre edital para assessor de gabinete

Está disponível o edital para realização de teste seletivo para preenchimento de vaga e formação de cadastro de reserva para o cargo de assessor de gabinete I para a Segunda Vara Cível da Comarca de Sinop (500 km ao norte de Cuiabá). O teste visa o preenchimento de uma vaga e as inscrições, que serão gratuitas, devem ser feitas ate às 19h do dia 20 de agosto.
As inscrições devem ser feitas mediante envio de e-mail com cópia digitalizada de documento pessoal com foto e do currículo devidamente atualizado para o endereço eletrônico: kleber.santos@tjmt.jus.br .
As provas serão realizadas em duas etapas: no dia 22 de agosto com a resolução de dez questões dissertativas valendo um ponto cada; aqueles que obtiverem pontuação superior a sete pontos estarão automaticamente classificados para a segunda etapa, que será no dia 29 de agosto. Nesta data os candidatos deverão elaborar uma sentença com base em caso hipotético, na área do direito civil e processual, valendo dez pontos. As duas etapas das provas serão realizadas às 8h, no plenário do Tribunal do Júri, no Fórum da Comarca.
O candidato deverá comparecer ao local de prova com pelo menos 30 minutos de antecedência e terá quatro horas de duração para elaboração da avaliação. Deve estar munido de caneta esferográfica de tinta azul ou preta e com documento de identificação com foto.
O resultado da primeira etapa da avaliação será divulgado até dia 27 deste mês, por meio de lista de classificados a ser afixada no mural da sede do foro. Já o resultado final com a lista de classificados será divulgado até o dia 5 de setembro, também no mural do Fórum de Sinop.
Serão considerados classificados os candidatos que obtiverem nota superior a sete também na segunda etapa da avaliação, onde serão submetidos a análise curricular e entrevista pessoal a ser realizada em data posterior a realização das avaliações. Os classificados serão contactados pela assessoria do juízo. Para a entrevista pessoal serão selecionados os candidatos que alcançarem as maiores notas por ordem de classificação e nomeado para o cargo aquele que for aprovado pelo juízo, análise discricionária de seu currículo e entrevista pessoal.
A remuneração bruta é de R$ 4.781,28, mais auxílio alimentação no valor de R$ 476,55 e auxílio saúde no valor de R$ 250,00 (para quem tem plano de saúde).

premium

Ler Anterior

14/08/2015 – OABMT consegue trancar ação penal movida em face de parecerista no TRF1

Leia em seguida

14/08/2015 – OABMT adere à campanha para propor ações contra corrupção

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *