> Servidores farão protesto no Judiciário pela PLC 28/15

Tendo em vista que o presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Ricardo Lewandowski, estará em Cuiabá, amanhã (24/07) às 17h, para participar de uma audiência de custódia no Tribunal de Justiça, foi aprovada a realização de um ato público de protesto endereçada a ele, que, sendo o representante do Judiciário, deveria negociar com o Executivo a pauta salarial dos servidores, e em vez disso fez foi apoiar o veto. Correm boatos de que ele já estaria negociando com o Governo um proposta salarial rebaixada para a Categoria, e caso consigam ter uma reunião com Lewandowski o SINDIJUFE-MT e o Comando de Greve cobrarão dele uma outra postura.

 

O ato de protesto, que terá início às 15h30, já está sendo organizado: amanhã cedo haverá arrastão no TRT, TRE e Justiça Federal, para convidar os servidores a comparecerem à manifestação. Os Servidores das cidades do interior de Mato Grosso também estão convidados. Conforme o Comando de Greve, o protesto deverá ser um ato estrondoso, com todos os participantes vestidos de preto e preferencialmente com a camiseta do PLC 28/15, com faixas e muitos cartazes, ao som de apitos e vuvuzelas, além do carro de som. “Precisamos mostrar o nosso descontentamento com o ministro-chefe do judiciário”, frisa Matilde Carvalho, membro do Comando de Greve.

Luiz Perlato (Assessoria de Imprensa)/SINDIJUFE-MT

premium

Ler Anterior

23/07/2015 – Prefeita Lucimar sanciona lei que dispõe sobre medidas de segurança nas agências bancárias

Leia em seguida

23/07/2015 – OABMT propõe nova ADI contra verba indenizatória da ALMT

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *