Sejudh promove encontro de servidores advogados

28/06/2016 – Promover momentos de formação e reflexão no exercício das funções dos advogados do Sistema Penitenciário e Socioeducativo, assim como a troca de informações e experiência profissional. Este foi o principal propósito do 1º Encontro de Advogados da Secretaria de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh). Realizado pela Diretoria de Ensino Penitenciário, o encontro contou com a presença de 25 advogados lotados na secretaria.

Durante a abertura, estiveram presentes o secretário adjunto de Justiça, Enéas Correa de Figueiredo Júnior, a diretora da Escola Penitenciária, Lucimar Poleto; o superintendente de Gestão de Cadeias, Gilberto Valias Rondon Carvalho. O evento recebeu as visitas do secretário de Estado e Justiça e Direitos Humanos, Márcio Dorilêo, e do secretário adjunto de Administração Penitenciária, Fernando Lopes.

As formações foram realizadas no auditório do Parque Estadual Massairo Okamura e no auditório da Assembleia Legislativa, e contaram com palestrantes que abordaram temas variados.

A presidente da Associação dos Advogados Públicos de Mato Grosso, Romélia Peron, falou da importância do advogado público, enquanto a treinadora de equipes, Cristiane Lemos, tratou do tema “Liderança e Coaching”. Servidor da Câmara Federal, Ércio de Arruda Lins abordou o Direito Administrativo; o juiz da Vara de Execuções Penais da Capital, Geraldo Fidelis tratou sobre “Direitos Humanos e Execução Penal”.

Presidente da Comissão de Direito Carcerário da OAB-MT, Waldir Caldas falou sobre a Lei de Execução Penal (LEP), tema que contou com a auxílio dos promotores Maury Borges da Silva, e Carlos Eduardo Roika Júnior e o procurador Célio Wilson de Oliveira.

Sobre Procedimento Administrativo Disciplinar (PAD) foi convidado o representante da OAB Fábio Cavina. Para falar sobre Criminologia, o palestrante foi chamado da UFMT, Naldson Ramos da Costa. O advogado Luiz Corrêa de Mello Neto tirou dúvidas sobre o Estatuto do Servidor Público.

De acordo com a Avaliação de Reação, o evento superou as expectativas dos participantes, que ressaltaram o alto nível dos palestrantes e solicitaram que novos encontros e formações sejam desenvolvidos para na área jurídica.

O evento contou com uma apresentação musical do projeto “UFMT em Cordas”, executado sob a direção do professor Oliver Yatsugafu. “Eles encantaram a todos com diversas músicas e estilos musicais”, afirmou Lucimar Poleto.

premium

Ler Anterior

Profissionais de 14 municípios de MT conhecem o S.O.S Infância

Leia em seguida

Conselho da Mulher participa de debate sobre violência sexual

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *