Saúde de Várzea Grande promove ações de combate ao uso do cigarro

Com o objetivo de conscientizar a população sobre a questão do tabagismo e alertar sobre os riscos das doenças associadas ao tabaco, a Secretaria Municipal de Saúde de Várzea Grande, por meio da Área Técnica de Atenção Básica, realiza entre os dias 28 e 29 de maio, atividades de mobilização e de educação popular em razão da data de 31 de maio, Dia Mundial sem Tabaco.

Com uma programação aberta à participação da sociedade, na quinta-feira (28.05), a partir das 19 horas, na Praça Aquidaban, situada na Avenida Couto Magalhães, em Várzea Grande, local de grande circulação de pessoas, serão exibidos slides com orientações sobre o tabagismo, doenças crônicas ocasionadas ao uso do tabaco e entrega de panfletos.

Técnicos da Saúde farão aferição de pressão arterial nos visitantes. “Escolhemos a Praça Aquidaban para iniciar as atividades de luta contra o tabagismo por ser um local tradicional do município de Várzea Grande, além de abrigar vários comércios, bares e lanchonetes”, disse a responsável pela Área Técnica do Hiperdia da Secretaria Municipal de VG, Amanda Cristina.

Para sexta-feira (29.05), a ação acontecerá no Terminal André Maggi, das 08 às 10 horas, com atividades de aferição de Glicemia capilar, de Pressão Arterial, orientações sobre doenças crônicas e sobre os males causados pelo uso contínuo de cigarro, com entrega de panfletos educativos à população.

“Ações como essa servem para alertar e sensibilizar as pessoas sobre os malefícios do fumo, considerado uma das principais causas de doenças e mortalidade prematura em todo o mundo, a exemplo do câncer. Portanto, é sumamente importante trabalhar a questão da prevenção do câncer”, explicou o superintendente de Atenção Básica da SMS, Geovane Renfro.

NÚMEROS: Segundo o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o cigarro possui aproximadamente 4.700 substâncias tóxicas, a maioria delas cancerígenas. No Brasil, são 200 mil mortes anuais, e as estatísticas apontam que 90% dos casos de câncer no pulmão estão relacionados ao fumo.

Em média, 23 pessoas morrem por hora devido ao tabagismo. Isso dá aproximadamente 130 mil mortes por ano, de acordo com dados da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). O tabagismo é a causa de 90% dos casos de câncer de pulmão, que é o tipo de tumor mais letal e de 95% dos casos de câncer bucal.FONTE ASSESSORIA

premium

Ler Anterior

OABMT estreita relacionamento com Polícia Judiciária Civi

Leia em seguida

HAPPY HOUR DO ADVOGADO EM PRIMAVERA DO LESTE

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *