Sala da Mulher entrega quase uma tonelada de alimentos para ONG’s

14/09/2016 – O presidente da Assembleia Legislativa de Mato Grosso, deputado Guilherme Maluf, e a presidente da honra da Sala da Mulher, Maria Tereza Maluf, entregaram, nesta terça-feira (13.09), quase uma tonelada de alimentos não perecíveis para as Organizações Não Governamentais (ONG’s) Obras Sociais Viver Feliz e Instituto Missionário Coração Imaculado de Maria, que, juntas, atendem mais de 450 famílias carentes em Cuiabá e Várzea Grande.

A ação é resultado de parceria entre a Sala da Mulher, o teatro Zulmira Canavarros e produtores culturais. Os alimentos foram arrecadados por meio de uma parceria entre a Sala da Mulher e o teatro Zulmira Canavarros, durante as apresentações “Cronovisor – Renato Russo de Corpo e Alma”, realizada no dia 27 de agosto, e “Aluga-se”, ocorrida em 4 de setembro.

Os 939 quilos de alimentos arrecadados foram distribuídos igualmente entre as duas instituições, recebendo cada uma 469,5 quilos.

“É com muita alegria que entregamos hoje quase uma tonelada de alimentos para essas duas instituições que realizam um trabalho sério e digno, ajudando muitas pessoas que precisam. Aproveito também para parabenizar os idealizadores dos projetos e todos os que colaboram para a continuidade deles”, declarou o deputado Guilherme Maluf.

O parlamentar comemorou os resultados positivos gerados pela parceria entre a Sala da Mulher e o teatro Zulmira Canavarros, que foi iniciada no ano passado, e defendeu a continuidade dos trabalhos.

“Fico muito feliz em ver que essa parceria tem possibilitado a realização de ações importantes e espero que isso se mantenha. Além de divulgar a nossa cultura, através das apresentações teatrais e musicais que são realizadas no teatro, também conseguimos ajudar projetos sociais que atendem pessoas carentes”, salientou.

A ONG Obras Sociais Viver Feliz existe há 10 anos e atende atualmente 398 famílias de Cuiabá e Várzea Grande. Além da distribuição de alimentos, feita semanalmente, e de sopa, realizada todos os finais de semana, também são oferecidas palestras e diversas atividades a crianças, adolescentes, jovens e adultos, por meio do projeto “Arte, Música e Cidadania”. Dentre as atividades, estão cursos de artes, de corte de cabelo e de instrumentos, como flauta e violão.

“A ONG se mantém exclusivamente de doações e trabalhos voluntários, por isso essa contribuição feita pela Assembleia Legislativa é muito importante. Agradeço ao deputado Guilherme Maluf e à sua esposa pela iniciativa. Gostaríamos que outras pessoas fizessem o mesmo”, afirmou o presidente da instituição, Jovenilton Dionisio Alves.

Segundo Jovenilton, os 469,5 kg doados à sua instituição atenderão aproximadamente 200 famílias. “Vamos acrescentar a esses alimentos algumas frutas e verduras que recebemos recentemente, montar sacolões e distribuir às famílias”, relatou.

Fundado há 5 anos em Cuiabá, o Instituto Missionário Coração Imaculado de Maria é voltado à formação de sacerdotes e também ajuda pessoas que se encontram em situação de rua.
“Reunimos os alimentos que recebemos e levamos para pessoas que moram nas ruas.

Tratam-se de pessoas muito necessitadas, que realmente precisam da nossa atenção, e a Sala da Mulher vem fazendo um trabalho muito bonito ao levantar doações para ajudar projetos sociais como o nosso”, afirmou o padre José Antônio de Castilho, presidente do instituto.

Sala da Mulher

A presidente de honra da Sala da Mulher, Maria Tereza Maluf, agradeceu a todos os parceiros envolvidos e anunciou a realização de outros eventos beneficentes até dezembro.

“Até o final deste ano, a Sala da Mulher deve realizar pelo menos mais 15 eventos culturais com o objetivo de arrecadar alimentos para ajudar famílias carentes. Queremos que as pessoas vejam o teatro como um meio de ajudar aqueles que mais necessitam e que se sintam estimuladas a desenvolver ações semelhantes”, disse.

Por Renata Neves/Fotos: Marcos Lopes

premium

Ler Anterior

Cartão vermelho para Cunha. Vencemos!

Leia em seguida

Casies: Seduc abre inscrições para processo seletivo simplificado

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *