Ribeirinho Cidadão quer dobrar quantidade de atendimentos em 2017

16/08/2016 – A 10ª edição do projeto Ribeirinho Cidadão já começou a ser planejada, e tem meta ambiciosa. O objetivo é dobrar a quantidade de atendimentos. A decisão foi tomada pelos líderes do projeto que se reuniram hoje (13 de agosto) pela manhã na Coordenadoria de Planejamento (Coplan) do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Para garantir a execução dos serviços todos os parceiros foram mantidos, inclusive foi confirmada a continuidade da parceria da Marinha do Brasil, com o Navio Assistência Hospitalar Tenente Maximiano. Novos parceiros também serão incluídos, mesmo porque, na 10ª edição, o Ribeirinho Cidadão vai ampliar o número de comunidades visitadas.

O coordenador do projeto Ribeirinho Cidadão no Tribunal de Justiça, juiz José Antônio Bezerra Filho, explica que o desafio é ampliar qualidade e a quantidade de serviços prestados. Uma das inovações que está sendo planejada é a possibilidade de emissão on line dos documentos, como Carteira de Identidade, CPF e Carteira de Trabalho. “Temos que melhorar sempre, pois a população dessas comunidades contam os dias para a chegada do projeto”, explica José Antônio Bezerra Filho.

tj rib cidadao

O defensor público Air Praeiro Alves explica que o Ribeirinho Cidadão é um exemplo de dedicação e de trabalho conjunto. “O projeto Ribeirinho Cidadão nasceu, caminhou, floresceu e está maduro. Tudo isso graças ao trabalho e dedicação de todos os parceiros”, afirma Air Praeiro. A defensora pública Corina Pissato também participou da reunião e defendeu a necessidade da implementação de novos serviços.

A 10ª edição do Ribeiro Cidadão será realizada entre os dias 10 e 20 de fevereiro do próximo ano, e, ao contrário dos anos anteriores, terá início com a parte terrestre e será finalizado com a parte fluvial. Uma alteração necessária para aproveitar o melhor momento de navegação dos rios do pantanal.

Na última edição o projeto envolveu 70 profissionais que realizaram mais de 11 mil atendimentos de saúde, social e jurídico, percorrendo 46 comunidades que residem às margens do rio Cuiabá.

Redação JA/ Por; Vlademir Cargnelutti

premium

Ler Anterior

Constelação visa reinserção de jovens à sociedade

Leia em seguida

Candidato realiza propaganda antecipada em frente ao TRE e juiz adota providências

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *