Ribeirão abre processo seletivo para estagiário

As inscrições para o processo seletivo para contratação de estagiários de nível superior para atuar no Fórum da Comarca de Ribeirão Cascalheira (900km a leste de Cuiabá) estarão abertas de 22 de abril a 6 de maio, conforme Edital nº 13/2015 (confira aqui). O processo seletivo tem o objetivo de preencher vagas e formação de cadastro de reserva no quadro de estagiários remunerados do Poder Judiciário de Mato Grosso.

As inscrições deverão ser efetuadas na sede do Fórum, das 12h às 18h, e não será cobrada taxa de inscrição. A relação dos interessados que tiverem suas inscrições deferidas constará do edital a ser publicado no Diário da Justiça Eletrônico e disponibilizado no Portal do Tribunal de Justiça (www.tjmt.jus.br), na data provável de 8 de maio.

A prova será aplicada para todos os candidatos na data provável de 17 de maio, das 8h às 11h (horário de Mato Grosso). A confirmação da data e as informações sobre os locais de prova serão divulgados oportunamente, por ocasião do encerramento das inscrições, no Diário da Justiça Eletrônico e disponibilizado no mural do Fórum.

A carga horária de trabalho será de 30 horas semanais, distribuídas em seis horas diárias, em horário de funcionamento da Instituição, sem prejuízo das atividades discentes.

Para o credenciamento do cargo os interessados devem estar frequentando o ensino regular em instituições públicas ou privadas de educação superior e estarem regularmente matriculados em Universidades e Faculdades do Estado de Mato Grosso, reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC), e que estejam cursando, no mínimo, o segundo semestre.

Todos os atos relativos a este processo de seleção, convocações, comunicados, resultados e homologação serão disponibilizados nas dependências do Fórum, no site do Tribunal de Justiça ou publicados no Diário da Justiça Eletrônico.

Os interessados deverão verificar os demais regulamentos do processo seletivo no Edital nº 14/2012/GSCP.

O telefone de Ribeirão Cascalheira é o (66) 3489-1831.

premium

Ler Anterior

TJ e TRT firmam parceira para capacitação conjunta

Leia em seguida

Diretoria e Comissões da OABMT estudarão legalidade de Resolução da ALMT que concede verba indenizatória a deputados

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *