Réu é condenado a 9 anos por estupro de vulnerável

05/02/2015 – O juiz Jorge Alexandre Martins Ferreira, da Comarca de Cáceres (225km a oeste de Cuiabá), condenou um réu a nove anos de prisão por estupro de vulnerável. O regime de cumprimento da pena deverá ser inicialmente fechado. Como o réu já está preso desde a instrução criminal, o magistrado negou o direito de apelar em liberdade (código 172722).

O réu é acusado de se aproveitar da ingenuidade da vítima, à época com nove anos. Ele convidou o menino para que o acompanhasse, dizendo que iria levá-lo a um “lugar legal” e ao chegar a casa referida praticou o abuso sexual. O denunciado retirou a roupa da vítima e praticou conjunção carnal. Só após o ocorrido é que a vítima conseguiu fugir.

Em depoimento ao juiz, o réu negou que teria praticado o ato e tentou ainda por diversas vezes citar fatos alheios relacionados ao comportamento da vítima, afirmando ser o menino uma criança explosiva e violenta.INFORMAÇÕES DO TJMT

premium

Ler Anterior

Prorrogado prazo de inscrições para juiz leigo

Leia em seguida

Canarana abre inscrições para juiz leigo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *