> Réu é condenado a 18 anos de prisão por homicídio

Alexandre Alves Batista Silva, de 32 anos, foi condenado a 18 anos de prisão em regime fechado pelo crime de homicídio qualificado por motivo fútil e com utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima. O réu foi julgado no último  (30 de junho) pelo Conselho de Sentença, em Rondonópolis. A sessão do Tribunal do Júri foi presidida pelo magistrado Wladymir Perri, da 1ª Vara Criminal da comarca.

 

O juiz negou ao réu o direito de apelar em liberdade e deixou de condená-lo a pagar custas e despesas processuais tendo em vista que Alexandre Silva foi assistido o tempo todo pela Defensoria Pública, “o que faz presumir a sua hipossuficiência financeira”.

 

De acordo com a denúncia, o crime ocorreu em março de 2013, nas margens do Rio Vermelho. Alexandre Silva e um comparsa teriam matado Fábio Tolentino Costalongo com golpes de faca. Consta que eles já se conheciam porque consumiam drogas juntos, e que a vítima devia cerca de R$ 2 mil para o denunciado Alexandre pela compra de drogas. Esse seria o motivo do assassinato.Por  CGJ-MT

premium

Ler Anterior

02/07/2015 – Ministro do Supremo manda soltar ex-deputado José Riva

Leia em seguida

03/07/2015- FGV divulga relação preliminar de locais de prova do XVII Exame de Ordem

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *