Renan defende uma proposta de reforma da Previdência que assegure direitos

19/09/2016 – O presidente da República, Michel Temer, ainda não decidiu quando encaminhará ao Congresso Nacional a reforma da Previdência. Entre as possibilidades de mudanças, está o aumento da idade mínima para a aposentadoria. Embora a reforma passe primeiro pela Câmara dos Deputados, o presidente do Senado, Renan Calheiros, cobrou regras de transição e a manutenção dos direitos dos trabalhadores. Ele entende que a reforma é importante, mas que não resolverá os problemas econômicos do país. Já o senador Paulo Paim (PT-RS) descarta a votação da matéria, negando que a Previdência seja responsável pelo rombo nas contas públicas. O senador Alvaro Dias (PV-PR), no entanto, diz que o Congresso não pode se omitir do debate.

premium

Ler Anterior

Presidente do TRE-MT vai à escola Presidente Médici divulgar CAIXA 1 e convidar alunos a auxiliar no combate ao caixa 2 de campanhas eleitorais

Leia em seguida

MP autoriza Banco Central a encomendar cédulas e moedas no exterior

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *