• 5 de março de 2021

PSB pede no TRE-MT retirada de propaganda de Julier

12/06/2015- A juíza Olinda de Quadros Altomare Castrillon, da 1ª zona eleitoral de Cuiabá, negou pedido feito pelo PSB, que visava à retirada da propaganda do PMDB protagonizada pelo ex-juiz federal e advogado Julier Sebastião.

A decisão foi proferida na terça-feira (09). O ex-juiz, que é cotado para disputar a prefeitura de Cuiabá em 2016, figurou em um vídeo do PMDB veiculado nesta semana, em que critica a atual gestão e propõe mudanças ao município.

Para o PSB, partido do prefeito Mauro Mendes, o PMDB estaria a realizar propaganda eleitoral fora do prazo, no objetivo de massificar a imagem de Julier à Prefeitura com o uso indevido do espaço destinado a propaganda partidária.

Na representação, o PSB pediu a concessão de uma decisão liminar (provisória) para impedir a divulgação desta propaganda na mídia, sob pena de multa.

Pedido negado

Conforme explicou a juíza Olinda Castrillon, a propaganda é considerada extemporânea (fora do prazo) quando é veiculada antes do dia 6 de julho do ano eleitoral e quando leva ao conhecimento geral, mesmo que de forma dissimulada, possível candidatura.

Todavia, também é necessário que a propaganda esteja vinculada à eleição para que seja considerada extemporânea, o que não foi comprovado pelo PSB ao denunciar Julier Sebastião.

“Até onde consta pela provas produzidas, ainda não foi levada ao conhecimento geral, tendo o autor acostando aos autos como arrimo a sua pretensão, apenas notícias de sites e mídia fornecida pela Pantanal Filmes, em 04/06/2015, tendo como cliente o PMDB, com o título “Julier Mudar” que não demonstram em nada sua divulgação. Diante disso, ausente a verossimilhança do direito, hábil a configurar a propaganda eleitoral extemporânea, pela ausência de provas de sua veiculação, indefiro a liminar”, afirmou a magistrada.FONTE TRE-MT

premium

Ler Anterior

Advogado denuncia suposto abuso de poder de fiscais

Leia em seguida

Juiz diz que defensora quer escolher “processos fáceis”

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *