Projudi passa a ofertar ferramenta para promotores

27/01/2015 – O Departamento de Apoio aos Juizados Especiais (Daje), vinculado à Corregedoria-Geral da Justiça, informa aos promotores de Justiça que já está disponível a ferramenta que permite a atuação dos membros do Ministério Público (MP) no sistema Projudi (Processo Judicial Digital). A medida atende pedido feito pelos próprios promotores de justiça.

Com a criação do perfil ‘promotor de justiça’, esses profissionais passam a ter pleno acesso ao sistema para peticionar, requerer medidas e diligências a qualquer tempo nas ações cuja matéria seja de competência dos Juizados Especiais de Fazenda Pública. Sem a funcionalidade, os promotores só conseguiam peticionar nos autos se o processo estivesse com vista para o MP. Agora, eles podem atuar com mais autonomia na defesa da ordem jurídica, regime democrático, interesses sociais e individuais indisponíveis, como, por exemplo, nas questões sobre saúde pública (garantir tratamento, cirurgia, internação, remédios, entre outros).

“Para disponibilizar essa ferramenta, a Corregedoria levou em consideração a Resolução nº 4/2014 do Tribunal Pleno, que estabelece que nas comarcas onde não há Juizado Especializado da Fazenda Pública, as matérias que lhe são afetas serão de competência dos próprios juizados especiais. No escopo de efetivar essa atuação de forma plena, tornou-se necessário a implementação no Projudi de ferramenta capaz de propiciar o amplo acesso do Ministério Público para atuação, no que couber, nos processos eletrônicos”, explica o corregedor-geral da Justiça, desembargador Sebastião de Moraes Filho. Confira aqui a íntegra da resolução.

A ferramenta foi desenvolvida pela Coordenadoria de Tecnologia da Informação do Tribunal de Justiça de Mato Grosso.

Lígia Tiemi Saito Arruda-TJMT

premium

Ler Anterior

27/01/2015 – Expediente na 2ª Vara Criminal continua suspenso

Leia em seguida

Projeto de lei sobre arbitragem avança e muda contratos de trabalho e de consumo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.