Programa Voto Consciente: Escola André Luiz se destaca pela organização do lançamento de partidos

21/09/2016 – Em cerimônia organizada e dinâmica, os alunos da Escola André Luiz da Silva Reis (Cuiabá-MT) lançaram os partidos que vão concorrer às eleições escolares, pelo programa Voto Consciente. Os partidos representam as políticas públicas que pretendem implantar na comunidade escolar. O programa Voto Consciente é coordenado pela Escola Judiciária do Tribunal Regional Eleitoral, em parceria com a Secretaria de Estado de Educação.

“Esse evento ajuda na construção da democracia e cidadania. É a democracia que move uma sociedade. O Voto Consciente está nos convidando para exercitar a cidadania através do voto. É a participação da sociedade que transforma a própria sociedade”, disse o diretor da instituição, José Romildo Magalhães aos estudantes, na abertura do evento.

Concorrem cinco partidos. Cada partido é formado por cinco alunos e um professor auxiliar, que idealizam propostas para a melhoria da escola. Na apresentação de suas propostas o Partido da Educação e Meio Ambiente (PEMA) expressou em cartazes o projeto “Semear e Plantar”, composto pelas seguintes ações: jardinagem na área da escola, coleta seletiva, passeio ecológico em parques e reciclagem de produtos que foram descartados.

Os estudantes do Partido da Ética e Cidadania (PEC) apresentaram como proposta principal a criação do grêmio estudantil. O grupo objetiva ações como palestras e espaço de vivência, para mostrar a importância dos jovens alunos na organização política da escola.

Assim como o PEC, o Partido do Respeito às Diversidades (PRD) prometeu a implementação do grêmio escolar. Além disso, o grupo deseja fazer o reflorestamento, com a plantação de mudas nas áreas urbanas da capital e criar uma rádio escolar.

O grupo do Partido do Direito à Vida e à Saúde (PDVS) quer criar um refeitório dentro do ambiente escolar, para que os estudantes possam fazer a refeição de maneira confortável.

O Partido da Cultura, do Esporte e Lazer (PCEL) prometeu a reforma na quadra poliesportiva e nos banheiros, inserção de novos jogos intelectuais e físicos e a ressocialização do ambiente da escola.

A coordenadora do Voto Consciente na escola, professora Izabel da Silva Ricci, disse que o programa trouxe uma visão diferente aos estudantes sobre a participação política. “Os alunos estão começando a pensar sobre a política e começando a ter a consciência de que se ele souber votar certo, vai eleger a pessoa correta para administrar. O programa tem feito com que eles entendam os seus direitos e estão desenvolvendo a cidadania”.

Neste momento, os alunos se encontram em campanha eleitoral, na qual podem fazer pedidos de votos aos colegas e realizar debates. Em novembro deste ano, as eleições escolares decidirão qual proposta melhor representou as necessidades do ambiente escolar.

tre eleiçoes escola

Eleições Escolares

No próximo mês de novembro, todas as escolas participantes do Programa Voto Consciente farão as eleições escolares para escolher o partido que melhor representa as mudanças necessárias para o ambiente escolar. O grupo vencedor terá que implementar as propostas no próximo ano letivo.

 

Redação JA

premium

Ler Anterior

Fábio Senna reúne mais de 500 pessoas em ato político

Leia em seguida

TJMT confirma concessão tácita de justiça gratuita

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *