Programa Voto Consciente é tema de reunião promovida pela EJE

A Escola Judiciária Eleitoral do Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso promoveu nesta quarta-feira (06/05) reunião com os diretores das escolas públicas de Cuiabá, que irão participar do Programa Voto Consciente em 2015.
Neste ano, as atividades do Programa Voto Consciente serão executadas nas Escolas Estaduais Eliane Digigov Santana, Professor João Crisóstomo de Figueiredo, Pascoal Moreira Cabral, José de Mesquita e João Brienne de Camargo.
Durante a reunião foram apresentados aos representantes de cada escola pública o funcionamento, as diretrizes, o cronograma, bem como as atividades e ações desenvolvidas dentro do programa. Posteriormente, os coordenadores pedagógicos vão executar as tarefas com os estudantes, sempre com o objetivo de discutir propostas e fomentar políticas públicas, ao realizarem as eleições simuladas em cada instituição de ensino.
O Diretor da EJE-MT e juiz-membro do TRE-MT, Agamenon Alcântara Moreno Júnior, fez uma breve apresentação sobre a composição do pleno e exibiu ainda um vídeo documentário das ações desenvolvidas pelo Programa Voto Consciente perante a comunidade estudantil. “É muito importante firmarmos parcerias entre a Escola Judiciária e as escolas para o desenvolvimento do Programa Voto Consciente”, frisou.
A iniciativa da Justiça Eleitoral de Mato Grosso foi elogiada pelos diretores das escolas. De acordo com a diretora da Escola Estadual João Brienne de Camargo, Alexandra de Souza Maia, o Programa Voto Consciente ampliará o conhecimento dos alunos. “É fundamental para que os estudantes desenvolvam a cidadania e a conscientização política na hora de escolher o representante que vai tomar direção do nosso futuro”, ressaltou.
Participaram da reunião as diretoras Andreia dos Reis Juiz, Katia Alessandra Ferreira Rojas, Elza Lidia de Oliveira Castelli, Alexandra de Souza Maia e as coordenadoras pedagógicas de cada instituição.
Representando a Justiça Eleitoral, participaram o Diretor da Escola Judiciária, juiz-membro Agamenon Alcântara Moreno Júnior e a Secretária da EJE, Janis Eyer Nakahati.

Conheça o programa:
O Programa Voto Consciente foi criado em 2011 pelo TRE-MT, por meio da Escola Judiciária Eleitoral com objetivo de desenvolver formação crítica dos jovens eleitores e estimular a participação política livre, cívica e democrática no processo eleitoral, bem como oportunizar os alunos a vivenciar todas as etapas do processo eleitoral, por meio de atividades que envolvem estudantes e professores.
As atividades do Programa compreendem palestras em escolas ou outros espaços sociais, visitas de alunos ao TRE, alistamento de jovens eleitores, eleições nas escolas e em ano de eleições, os estudantes vivenciam todas as etapas do processo eleitoral.
Todo ano, escolas públicas são convidadas para participarem do projeto. Cada unidade escolar escolhe 25 alunos do ensino médio, que se dividem em grupos de cinco membros, formando os partidos.
Em âmbito escolar, são realizadas campanhas eleitorais com o diferencial de que os candidatos representam políticas públicas. Partido da Ética e da Cidadania (Pec), Partido da Educação e do Meio Ambiente (Pema), Partido da Cultura, Esporte e Lazer (Pcel), Partido do Respeito à Diversidade (PRD) e Partido do Direito à Vida e a Saúde (PDVS) são os temas abordados nas campanhas eleitorais estudantis.
Após o período de divulgação de campanha, os estudantes vão às urnas para eleger o partido que apresentou melhor proposta, sendo o vencedor diplomado pela EJE, conforme ocorre em um processo eleitoral convencional.
Só em 2014, por meio do Programa Voto Consciente, cerca de 6 mil estudantes de unidades públicas e particulares de ensino, participaram de atividades no TRE-MT.
“Com o programa, permitimos que as futuras gerações possam votar com mais responsabilidade e conhecimento, escolhendo pessoas certas e comprometidas em servir a sociedade. Os jovens é que poderão provocar mudanças significativas no país e conseguimos isso através da educação”, destacou a Secretária da Escola Judiciária Eleitoral de Mato Grosso, Janis Eyer Nakahati.PO TRE-MT

premium

Ler Anterior

Representante dos advogados, Luciana Lóssio é reconduzida ao cargo de ministra do TSE

Leia em seguida

Segunda edição do Congresso Ícones do Direito será no dia 15

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *