Presos espancam estuprador até a morte na cadeia

Sebastião Rocha Alves, 51 anos, morreu no último domingo (06), três dias após ter sido internado, depois de ser espancado por colegas de prisão na Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães (a 67 quilômetros de Cuiabá). O homem foi preso no dia 25 de maio, acusado de estupro.

Segundo consta, Sebastião foi preso no fim de maio acusado de ter estuprado uma criança de 5 anos. Depois disso, ele foi encaminhado para a Cadeia Pública de Chapada dos Guimarães, onde acabou sendo espancado por vários detentos.

O linchamento, por parte dos presos, foi cessado após a chegada dos policiais. Sebastião foi encaminhado ao Pronto-Socorro de Várzea Grande (PSMVG) em estado grave. Ele tinha diversos hematomas na região do abdômen e do tórax. Sebastião ficou três dias internado, até que foi a óbito. O caso é investigado pela Polícia Civil. Fonte: Olhardireto/ Foto: Reprodução

Rocha

Ler Anterior

TCU disse não reconhecer de documento anunciado por Bolsonaro sobre números de mortes da Covid 19 no Brasil

Leia em seguida

Mãe é presa em flagrante pela Polícia Civil por dar bebida alcoólica à filha de 13 anos

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *