• 22 de abril de 2021

> Presidente prestigia inauguração da sede do MPT

O presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (TJMT), desembargador Paulo da Cunha, participou da cerimônia de inauguração da nova sede da Procuradoria Regional do Trabalho, realizada na manhã desta quinta-feira (13 de agosto), em Cuiabá. A edificação é a primeira sede própria do Ministério Público do Trabalho desde a sua instalação na Capital, em outubro de 1992.

 

Para o presidente do TJMT, Paulo da Cunha, “é uma grande satisfação poder compartilhar desta conquista do Ministério Público do Trabalho, uma vez que a instituição desenvolve ações de grande relevância para a sociedade mato-grossense. E já estava na hora de eles terem a sede própria, para que possam desenvolver melhor suas atividades”, afirmou Cunha. Por TJMT

 

O desembargador ressaltou ainda a necessidade de manter os esforços no combate ao trabalho análogo à escravidão, que ainda é uma realidade no Estado. “Esperamos fortemente que a luta contra o trabalho análogo ao escravo ganhe força, pois isso não dignifica o ser humano, pelo contrário, o degrada”, salientou o presidente.

 

Segundo o procurador-chefe do Ministério Público do Trabalho (MPT), Fabrício Gonçalves de Oliveira, ter uma sede própria é uma grande conquista tanto para o Ministério Público quanto para o seu principal cliente, a sociedade. “A sede própria, além de eliminar o custo do aluguel, é funcional, pois está adaptada para as nossas atribuições. Sem falar que agora vamos ter mais espaço para os servidores, melhores condições de trabalho e também mais conforto e acessibilidade para a população”, observou o procurador-chefe.

 

O imóvel conta com quatro pavimentos distribuídos em 3.500 m², 3 salas de audiência, sala de reunião, 1 auditório, 10 gabinetes e biblioteca.

 

Fabrício acrescentou ainda que foram dois anos da construção até a inauguração, mas que a luta para conseguir recursos é antiga. “Nossa primeira sede foi uma salinha cedida pelo Tribunal Regional do Trabalho 23ª Região há anos atrás. Depois, fomos para um edifício residencial alugado, onde ficamos por 20 anos. E, hoje, é com muita alegria que conquistamos nossa sede. Um local com um aspecto funcional, que atende ao mesmo tempo as necessidades dos servidores e da população”, pontuou.

 

Sobre o papel do MPT, Fabrício conta que a instituição tem como escopo a atuação junto aos direitos individuais indisponíveis e da própria coletividade. “Nós somos os advogados da sociedade. Estamos aqui para defender os interesses difusos de toda a população, especialmente no que se refere às relações trabalhistas”, finalizou o procurador-chefe do MPT.

 

A nova sede da Procuradoria Regional do Trabalho da 23ª Região está localizada na Rua R, Esquina com a Rua S, S/Nº, no bairro Jardim Aclimação.

 

 

premium

Ler Anterior

14/08/2015 -OABMT encaminha pedidos de Subseções ao Tribunal de Justiça

Leia em seguida

14/08/2015 – Rondonópolis recebe Centro de Conciliação

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *