Portaria institui secretaria unificada de varas

08/06/2015 – Foi publicada neste último (3 de junho), no Diário da Justiça Eletrônico, a portaria nº 23/2015 da Corregedoria-Geral da Justiça, que instituiu o projeto piloto denominado “Secretaria Unificada das 1ª e 2ª Varas Especializadas da Fazenda Pública da Capital”. O objetivo da CGJ é otimizar os serviços das secretarias e tornar o atendimento mais ágil e célere.

O projeto piloto será desenvolvido no período de 1º de junho a 30 de novembro de 2015, sob coordenação do juiz Luís Aparecido Bortolussi Júnior. De acordo com o magistrado, as duas varas continuam existindo, o que muda é a execução do serviço na secretaria, que passa a ser única, localizada no Fórum de Cuiabá.

Luís Aparecido Bortolussi explica que, ao fim do projeto, será elaborado um relatório para apreciação dos trabalhos. “Vamos avaliar os dados e comparar com o modelo anterior. Se estiver dando certo, a secretaria unificada permanecerá”, conta.

Suspensão do expediente – Por conta da adequação das instalações físicas e da movimentação dos processos, o juiz suspendeu o expediente nas 1ª e 2ª Varas Especializadas da Fazenda Pública de Cuiabá, de 1º a 3 de junho. O funcionamento das unidades será normalizado na próxima segunda-feira (8 de maio).POR CGJ-MT

premium

Ler Anterior

Militar não pode ser dispensado por conta da idade

Leia em seguida

Cliente será indenizado por advogado que não comunicou renúncia

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *