A política de Várzea Grande entre o conservadorismo e a disrupção

Disrupção é uma expressão muito nova em nosso vocabulário, cujo significado é associado à confusa etapa intermediaria na transição de um modelo em crise para outro inovador, muito parecido com o cenário político em Várzea Grande.

A cidade industrial já ficou conhecida também pela instabilidade politica que assola o município onde políticos não concluem mandatos, projetos e obras, causando grandes prejuízos ao erário público.

Disrup’ o que ? Significa mudanças bruscas no mundo empresarial e pode nos ajudar a construir um novo modelo político em nossa cidade, em nosso Estado e nosso país.

Devemos encarar a situação atual como uma disrupção, ela nos coloca na posição de participantes de um processo de transição, imprevisível, parcialmente destrutivo de um velho ranço politico, porém preparados para construir um novo sistema.

O termo “disrupção” é usado para descrever inovações que oferecem produtos acessíveis e criam um novo mercado de consumidores, desestabilizando as empresas que eram líderes no setor.
Exatamente o que buscamos neste momento, inovações, mudanças, quebra de paradigmas e um novo modelo de administração para Várzea Grande.

William Cardos é advogado, empresário e presidente do PSDB/VG

premium

Ler Anterior

Prefeitura de Sorriso libera controle de ponto a advogados públicos

Leia em seguida

Contratação de médicos especialistas por hospital não configura terceirização de atividade-fim

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *