Pleno presta homenagem a Orlando Perri

30/01/2015 – O desembargador Orlando Perri, foi homenageado pelos membros do Tribunal Pleno em sua última sessão como presidente da Corte, na tarde desta quinta-feira (29/01). O desembargador Marcos Machado lembrou as realizações da gestão 2013/2015 e elencou ações em prol da sociedade, dos magistrados e dos servidores que serão lembradas ao longo do tempo. Ele destacou que durante estes dois anos Orlando Perri não se manteve neutro. “Viva! Pois acredito que ‘os homens neutros são aliados do demônio’, como pregava Edwin Rubel Chapin”, resumiu Marcos Machado.

Dentre as mais de 20 ações que o desembargador Marcos Machado elencou como primordial, ele ressaltou a valorização dos servidores e magistrados, com destaque para a Gestão por Competência implantada nesta gestão; a implantação da segurança predial e da comissão de segurança; a capacitação de servidores da Primeira Instância por meio de ensino à distância; instalação dos centros de conciliação e investimento em infraestrutura e tecnologia da informação.

Outro ponto aclamado por Marcos Machado foi a conduta moralizadora de Perri. “Somente alguém com conduta moralizadora para tirar a toga de quatro juízes que desonraram a magistratura. Sob sua condução, com certeza, a Justiça não se envergou diante de um pequeno número de pessoas que apodrece a Instituição como um todo”.

Após ouvir a manifestação do desembargador Orlando Perri sobre sua gestão, o futuro presidente o Tribunal de Justiça, desembargador Paulo da Cunha, afirmou que ao final de seu mandato também expressará os mesmos sentimentos que o atual presidente. “Tenho certeza que no final da gestão falarei as mesmas palavras: Não fiz tudo que eu queria, mas fiz tudo que eu podia fazer! Nosso Estado cresce e nossos recursos são minguados, mas Vossa Excelência combateu o bom combate e colocou vários tijolos na construção de um Judiciário melhor”, finalizou.

O desembargador Juvenal Pereira da Silva, que é presidente do Tribunal Regional Eleitoral, lembrou da importância de um administrador ser sensível às causas parceiras, como foi o desembargador Orlando Perri, durante as eleições de 2014. “Eu me condoía cada vez que tinha que pedir um servidor da Justiça Estadual para atuar na Justiça Eleitoral. Mesmo com toda a carência no quadro de servidores nunca foi colocado nenhum empecilho por Vossa Excelência, pelo contrário sempre demonstrou ser um gestor sensível à causa”.

Juvenal Pereira registrou ainda que o Poder Judiciário mato-grossense atualmente é conhecido no cenário nacional pelos projetos desenvolvidos. “Dando sequencia ao seu trabalho, então dentre alguns anos, com o planejamento aprovado hoje, tenho certeza que seremos não só destaque, mas também estaremos no patamar do Judiciário Nacional. Durma tranqüilo, seu trabalho é reconhecido pela sociedade mato-grossense”.

Também o desembargador Rui Ramos Ribeiro se manifestou lembrando que somente um gestor sabe do seu dia-a-dia e de todas as dificuldades que enfrenta. “Duas virtudes nós vemos no Perri enquanto gestor: teólogo e pastor. Nem todos têm esta capacidade, mas você é perito, e por isso mesmo fará muita falta”, disparou.

Rui Ramos Ribeiro falou ainda que a Primeira Câmara Criminal está de braços abertos para receber o novo membro. Perri ao sair da presidência, assumirá o assento do desembargador Paulo da Cunha na Turma.

O último a se manifestar foi o desembargador Zuquim, amigo pessoal do presidente. “Como amigo particular me veio à mente a imagem saudosa de Moacir Perri (pai do presidente). Tenho certeza de que ele está satisfeito em ver o resultado de sua administração e seu esforço em fazer o Judiciário mato-grossense melhor. Tenho muita honra em ter trabalhado sob vossa presidência”, finalizou.

Leia aqui a íntegra da mensagem do desembargador Marcos Machado.

Keila Maressa

premium

Ler Anterior

TED investiga 11 advogados previdenciários acusados de abusos em Mato Grosso

Leia em seguida

Em 1 ano UNIVAG atendeu 427 dependentes químicos em projeto social

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *