• 2 de março de 2021

PJe ficará indisponível no fim de semana para atualização de versão

11/02/2015 – O TRT de Mato Grosso informa que o sistema PJe será atualizado para a versão 1.4.8.3.3 no próximo fim de semana, no período das 00:01 de sábado (14 de fevereiro) até às 05:59 de segunda-feira (16). Durante a atualização, o sistema ficará indisponível para utilização.

O TRT/MT informa, ainda, que o prazo para a implantação de versões do PJe são definidas pelo Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT).

Conforme o Núcleo de Suporte aos Usuários do PJe, a versão a ser implantada neste fim de semana contempla apenas correções de inconsistências, dentre as quais destacam-se:

1) Após a publicação da sentença, se o servidor retira o processo do controle de prazos, ao retorná-lo para esta tarefa, o sistema remete o processo para a tarefa “Aguardando término dos prazos”.
Correção: A partir da análise do conhecimento, haverá a transição para a tarefa “Controlar prazo pós-sentença”, ou seja, será possível retornar o processo para o “Controle manual – Prazos pós-sentença” (daqui, podemos examinar o ED ou apreciar o RO).

2) Falha ao reenviar do AUD para o PJe uma ata de audiência onde houve acordo.
Correção: A solução envolve uma correção no envio de atas do AUD para o PJe, para prever o tratamento das verbas importadas independente de ser um envio ou reenvio de ata.

3) Lentidão na assinatura em lote.
Correção: Foram realizadas alterações para tornar as assinaturas em lote mais rápidas.

Atenção

Uma funcionalidade que já está disponível na atual versão (1.4.8.3.2) é a possibilidade de desconfirmação de atas de audiências e alteração do magistrado informado na ata (antes, era necessário abrir chamado no suporte para desconfirmar ou alterar o magistrado da ata). Para acessar a funcionalidade, basta clicar em “Audiências e sessões > Integração com AUD > Verificar audiências importadas” e clicar no bob esponja da ata. Veja que agora há um botão “Não confirmar” (use para desconfirmar a ata) e, na aba Magistrado, a opção de alterar o magistrado da audiência.

Qualquer dúvida pode ser esclarecida com o suporte (suportepje@trt23.jus.br). Mais informações podem ser obtidas também pelo telefone (65) 3648-4040

Fonte: TRTMT

premium

Ler Anterior

Ex-governador diz que decisão é “infundada e maldosa”

Leia em seguida

Governo financiará centrais de alternativas penais para o Projeto Audiência de Custódia

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *