26/04/2016- OAB-MT e AMAM firmam compromisso para criar comissão interinstitucional

A Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional Mato Grosso (OAB-MT) e a Associação Mato-grossense dos Magistrados (Amam) irão criar uma comissão interinstitucional para solucionar possíveis dificuldades entre magistrados e advogados em todo Estado, conforme compromisso firmado em reunião com o presidente da OAB-MT, Leonardo Campos e o presidente da Amam, José Arimatéa Neves Costa.

O presidente da OAB-MT, Leonardo Campos, ressaltou a parceria entre as instituições e a criação da comissão para realizar o trabalho em conjunto em todo Estado. “Esta comissão interinstitucional terá como propósito buscar solucionar conflitos entre magistrados e advogados”, afirmou.

Leonardo Campos também defendeu a atuação em conjunto com a independência de cada entidade assegurada. “A nossa gestão é a do encontro, sem nos furtarmos do enfrentamento quando necessário, mas por isso queremos dar continuidade como dirigentes desta relação transparente e harmônica entre OAB-MT e Amam. Cada um segue a sua independência, mas com uma atuação que pode ser feita em conjunta em diversos momentos, como é o exemplo desta comissão”, pontuou.

Para o presidente da Amam, José Arimatéa, a reunião serviu para discutir interesses mútuos entre magistratura e advocacia. “De concreto iremos criar uma comissão interinstitucional para enfrentar todo tipo de dificuldade, como problemas de relacionamento e desentendimento entre advogado e juiz, para o Estado inteiro, a fim de não haver desgaste nem para a magistratura e nem para a advocacia”, disse.

A comissão interinstitucional contará com representantes de ambas as entidades. O presidente da Amam também pontuou que a parceria com a OAB-MT é pela defesa dos interesses da sociedade de forma geral, como mais transparência e combate à corrupção.

A reunião também contou com a presença do secretário-geral da OAB-MT, Ulisses Rabaneda; os conselheiros estaduais, Hélio Machado, Elizete Bagatelli, Paula Toledo, Luiz Carlos Assunção, Fernando Augusto Figueiredo, Samir Hammoud, Tânia Faiad; o presidente da Comissão do Jovem Advogado (Cojad), Mario Medeiros Neto; e a presidente da Comissão de Infância e Juventude (CIJ), Tatiane de Barros Magalhães.

Além do presidente da Amam, participaram também a primeira-secretária Ana Cristina Silva Mendes, o primeiro tesoureiro Yale Sabo Mendes e o diretor geral do Departamento de Defesa de Prerrogativas, Cláudio Zeni.

premium

Ler Anterior

25/04/2016 – CPI DA COPA: Deputados ouvem autor de estudo que apontava VLT ao custo de R$ 700 mil

Leia em seguida

> Servidores do TRE participam de workshop sobre planejamento estratégico 2016-2021

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *