ONLINE: Feira de Ciências em Leverger terá palestras com professores de todo o país

A 2ª Feira de Ciências de Santo Antônio de Leverger inicia nesta quarta-feira (03.03) com um ciclo de palestras e mesas redondas de forma remota. As palestras iniciam às 8h e vão até 17h.

Foram convidados profissionais da educação, a maioria doutores, de várias partes do país e também a superintendente de Políticas de Diversidades Educacionais da Seduc, Lúcia Aparecida Santos.

As inscrições encerram nesta terça-feira (02.03) e podem ser realizadas clicando aqui.

O evento é uma realização Escola Estadual Hermes Rodrigues de Alcântara em Santo Antônio de Leverger (a 34 quilômetros ao sul da Capital) tendo como organizador o professor doutor em física Dorilson Cambui que leciona na unidade escolar.

A Feira de Ciências é voltada para professores e estudantes. Todo o evento pode ser acompanhado, mesmo para quem não fez as inscrições, pelo canal do You tube.

“Minha expectativa é despertar no estudante e nos professores o interesse pela pesquisa científica no ambiente escolar. Um outro ponto de interesse deste evento é integrar as escolas indígenas de Mato Grosso. Para isso teremos alunos e professores indígenas participando, inclusive como palestrante, das cidades de Luciara e São Félix do Araguaia”, ressalta o professor doutor Dorilson.

O ciclo de palestras e mesas redondas é a primeira etapa do evento. A segunda etapa acontecerá no segundo semestre em data a ser definida, e consistirá de apresentações dos experimentos realizados pelos alunos, desde que acompanhados por um professor.

O idealizador da feira lembra ser fundamental que os professores estimulem seus alunos a se inscreverem na feira de ciências virtual e auxiliem no envio final do vídeo e do ensaio.  Após as inscrições, com a data ainda não divulgada, os alunos farão as apresentações finais para um painel de jurados.

Os professores e os estudantes poderão inscrever os seus trabalhos, com até 03 participantes por trabalho. Os trabalhos apresentados como experimentos deverão ser previamente gravados e enviados para a Comissão Organizadora em data a ser divulgada.

Para cada etapa haverá certificação expedida pela Universidade do Estado de Mato Grosso. O evento é integralmente aprovado e patrocinado pelo Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq) e Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI).

Confira AQUI a programação completa da Feira de ciências

 

 

Por: Adilson Rosa/Assessoria

Rocha

Ler Anterior

Dezoito municípios estão com alto risco de contaminação pela Covid-19

Leia em seguida

OAB-MT: Colégio de Presidentes de Subseções endossa posicionamento da Seccional por portas abertas no Judiciário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *