OAB: Ética e prerrogativa são duas faces da mesma moeda

15/06/2015 –

Brasília – O Conselho Pleno da OAB está reunido neste domingo (14) em caráter extraordinário para continuar a votação do Novo Código de Ética e Disciplina da Advocacia. Esta é a terceira sessão de análise do texto que substituirá o que está em vigor, elaborado em 1995.

O presidente nacional da OAB, Marcus Vinicius Furtado Coêlho, destacou na abertura da sessão que o atual Código é bom, mas que precisa ser atualizado para questões do mundo digital e até de novas formas de advocacia que surgiram nas últimas duas décadas.

“Esse egrégio e valoroso Conselho Pleno reúne-se no domingo para trabalhar em favor da classe que envolve quase 900 mil profissionais”, disse. “Ao ficarem longe da família, deixando de lado afazeres pessoais, os 81 conselheiros analisam sistematicamente cada artigo do novo Código, com um novo olhar da advocacia sobre a ética.”

Marcus Vinicius apresentou dados de pesquisa do Instituto Datafolha acerca das prioridades da gestão da OAB. Os dados revelam que 90% dos entrevistados consideram como prioritária a defesa das prerrogativas e 88% a defesa da ética na profissão.

“São duas faces da mesma moeda”, explicou o presidente. “Tão importante quanto a defesa das prerrogativas é a ética. Com ética e prerrogativas, conseguiremos cada vez mais o respeito da sociedade. Como bem assevera o dito popular: quem quer respeito tem de se dar respeito. Os profissionais da advocacia precisam tem condutas compatíveis com a dignidades das pessoas de bem.”POR OAB/CF – FOTO EUGENIO NOVAIS

premium

Ler Anterior

Código de Ética da Advocacia liberará pro bono para pessoa física

Leia em seguida

STF edita Súmula Vinculante garantindo natureza alimentar de honorário

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *