01/07/2015 – Advogado de Nilo Campos diz que Comissão Processante é pura armação política.

A Comissão Processante formada na Câmara de Vereadores de Várzea ouviu na manhã desta quarta-feira, 01 de julho, o vereador Nilo Campos do PV.

A oitiva foi à porta fechada e perdurou por mais de uma hora, tempo este dado ao Parlamentar para se defender sobre a suposta divulgação de imagens de pedofilia na internet, por meio de um blog de sua responsabilidade.

 

Mas antes da inquirição dos pares, o vereador Nilo Campos falou com a imprensa e foi enfático ao negar da acusação: “não sou dono dessa página na internet pelo qual me acusam.”

 

A defesa do vereador Nilo, o advogado Ademar Coelho também insistiu na inocência do Parlamentar e foi além ao classificar a abertura da Comissão Processante de pura armação política.

 

“Tem um determinado número de vereadores que não gostam da forma de atuação do vereador, e por isso, solicitaram a formação dessa comissão para tentar cassa-lo”, acusou Ademar. “Mas, ele é inocente e provaremos isso e o vereador voltará ao mandato fortalecido”, completou o advogado.

 

 

Para o presidente da CP – vereador João Tertuliano de Barros “Joãozito” do DEM, o próximo passo será a contratação de um perito para atestar as informações apresentadas pela acusação e defesa.

 

“Este foi apenas o primeiro passo, ainda ouviremos testemunhas arroladas e a própria denunciante de nome Margarete, moradora do bairro Pirinéu daqui de Várzea Grande. Ouviremos membro do Conselho Tutelar de Diretos da Criança e do Adolescente daqui do município, quem protocolou a denúncia no Ministério Público”, disse.

 

Joãozito não descartou também a contratação de uma equipe técnica para apontar a quem realmente o blog pertence. “Queremos fazer um julgamento justo e por isso tomaremos todos os cuidados”, completou o democrata.

 

Nesta quinta, 02 de julho, às 09 horas, a oitiva tem sequencia e ouvirá as testemunhas de defesa: Rodrigo Matheus Alves Rodrigues dos Santos, João Batista de Oliveira e Iohana da Silva.

 

Vale ressaltar, que o vereador Nilo Campos foi ouvido hoje pelos edis: Joãozito, Miguel Baracat e Mayer (Comissão Processante), acompanhado  advogados de defesa: Ademar Coelho da Silva e José Marcio de Oliveira. A Diretora Geral da Casa – Marcelle Ramires Pinto Coelho e a Procuradora da Câmara – Lúcia Pereira dos Santos, também se fizeram presentes.Por Assessoria

 

premium

Ler Anterior

01/07/2015 – OABMT e TDP reiteram que advogados pareceristas não podem ser responsabilizados

Leia em seguida

01/07/2015 – Mais de 10 mil protestos poderão ser cancelados durante Mutirão Fiscal Unificado

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *