• 8 de março de 2021

Maníaco da bicicleta é condenado a 84 anos de prisão

Vanderlei Rozeno de Oliveira, que ficou conhecido como “maníaco da bicicleta” no município de Cáceres (225km de Cuiabá), foi condenado a 83 anos e quatro meses de reclusão em regime fechado, por sete crimes cometidos entre os meses de outubro e novembro de 2014. A decisão é do juiz Jorge Alexandre Martins Ferreira, da 1ª Vara Criminal.

De acordo com a decisão, o réu foi condenado por cometer quatro roubos seguidos de estupros – sendo um deles estupro de vulnerável – e três roubos majorados, aqueles que têm acréscimo na pena por serem qualificados. Considerando a reiteração criminosa, o fato de serem crimes sexuais e com vítimas diferentes, as penas impostas a cada crime foram somadas.

Conforme o processo, o réu abordava as vítimas usando uma bicicleta, roubava objetos pessoais, fazia ameaças e estuprava mulheres. Para o magistrado Jorge Alexandre Martins Ferreira, “a conduta do acusado é extremamente reprovável”. Por conta disso, ele foi condenado a pena definitiva de mais de 80 anos além do pagamento de 1.796 dias multa. De acordo com o artigo 49 do Código Penal, a pena de multa consiste no pagamento ao fundo penitenciário da quantia fixada na sentença e calculada em dias-multa. O valor unitário da pena pecuniária foi arbitrado em 1/30 do salário mínimo vigente à época dos fatos.

Ao réu foi negado o direito de recorrer da sentença em liberdade. Vanderlei Rozeno de Oliveira permanece preso na Cadeia Pública de Cáceres.POR CGJMT

premium

Ler Anterior

Ministério da Fazenda reduz número de conselheiros do Carf em 40%

Leia em seguida

Contratos dos residenciais do Minha Casa, Minha Vida passam por vistoria

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *