• 25 de fevereiro de 2021

Mais de 200 processos do STF estão suspensos por pedidos de vista

12/03/2015 – O presidente do Supremo Tribunal Federal, ministro Ricardo Lewandowski, determinou que os processos que tiveram o julgamento interrompido por pedidos de vista tenham prioridade na pauta do Plenário neste ano. Atualmente, há no tribunal mais de 200 processos pendentes de devolução de pedido de vista.

O Código de Processo Civil dá ao juiz integrante de um colegiado a possibilidade de pedir vista, caso não esteja habilitado a proferir seu voto naquele momento. No Regimento Interno do STF, o assunto é regido pelo artigo 134, que determina a obrigatoriedade de devolução dos pedidos de vista, para prosseguimento da votação, até a segunda sessão ordinária subsequente, após o prazo estabelecido pela Resolução 278/2003.

Ministro quer acelerar julgamento
e processos que aguardam vista.
Fellipe Sampaio/SCO/STF
Súmulas
Lewandowski também determinou que sejam incluídas nas pautas das próximas sessões do Plenário 15 novas propostas de súmulas vinculantes. O objetivo combater o acúmulo de processos sobre questões idênticas no Judiciário.

As súmulas vinculantes têm força normativa, sendo de aplicação imediata em todas as instâncias e esferas da Justiça, bem como da administração pública direta e indireta. Por essas características, esse instrumento dá agilidade ao julgamento de demandas sobre temas cujo entendimento está pacificado pelo Supremo. Com informações da Assessoria de Imprensa do STF.

premium

Ler Anterior

Advogados e juízes disputam vetos de Dilma em novo CPC

Leia em seguida

Plenário do Supremo aprova quatro novas súmulas vinculantes

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *