“Várzea Grande precisa de mudanças urgentes” diz Lucimar Campos

06/05/2015- “Ressalto a minha fé inabalável em Deus e na Justiça, que, mais uma vez, se manifestou em favor do povo, restabelecendo a verdade”. A declaração é de Lucimar Campos (DEM), que irá assumir a Prefeitura de Várzea Grande, em decorrência da cassação do prefeito Walace Guimarães (PMDB) e de seu-vice Wilton Coelho (PR).

O peemedebista teve o mandato cassado pela Justiça Eleitoral, na tarde desta terça-feira (5), por prática de “caixa 2” em sua campanha eleitoral de 2012. A decisão foi proferida pelo juiz José Luiz Lindote, da 58ª Zona Eleitoral de Várzea Grande.

Por meio de nota à imprensa, Lucimar disse que ainda não foi formalmente comunicada da decisão e teve conhecimento do assunto, até o momento, por meio da imprensa e da assessoria jurídica do DEM – partido responsável pela ação movida contra Walace e Wilton.

“Sabemos que Várzea Grande precisa de mudanças urgentes, e só posso assegurar que a nossa cidade terá uma trabalhadora incansável” Apesar de afirmar que só irá se posicionar sobre o assunto após a notificação oficial, Lucimar disse que o município terá a gestão de uma “trabalhadora incansável”.

“Sabemos que Várzea Grande precisa de mudanças urgentes e só posso assegurar que a nossa cidade terá uma trabalhadora incansável”, disse ela, em trecho da nota.

“Conheço Várzea Grande e nossa gente. Sempre trabalhei e lutei pela melhoria social dos mais carentes e necessitados de atenções básicas, e assim continuarei”, completou.

Por fim, a democrata afirmou que, após a notificação, comunicará a imprensa quais serão suas primeiras ações à frente da Prefeitura.

Cassação

De acordo com o juiz José Lindote, a declaração de gastos de campanha de Walace Guimarães, prestada em R$ 1,4 milhão, não apresentou conformidade com os valores movimentados entre seus aliados e as empresas que prestaram serviços a ele, durante a campanha eleitoral.

“O abuso de poder econômico, vinculado a Caixa 2, ficou demonstrado ao longo do processo, confrontando os valores constantes na prestação de contas e os extratos bancários dos envolvidos na fraude”, afirmou o magistrado.

“Restando demonstrada a prática de captação e gastos ilícitos de recursos para fins eleitorais, em consonância com o parecer do Ministério Público Eleitoral, julgo procedente a Ação de Investigação Judicial Eleitoral proposta pelo DEM, em face de Walace dos Santos Guimarães e Wilton Coelho, prefeito e vice-prefeito do município de Várzea Grande-MT, razão pela qual determino a cassação dos diplomas outorgados em favor dos eleitos, de forma imediata”, disse Lindote, em sua decisão.

Confira nota encaminhada por Lucimar:

“NOTA À IMPRENSA

Diante da decisão proferida nesta terça-feira (05) pelo juiz José Luiz Lindote, da 58ª Zona Eleitoral de Várzea Grande, que cassou o mandato do prefeito Walace Guimarães e do vice-prefeito Wilton Coelho, esclareço à imprensa e à população várzea-grandense os seguintes pontos:

1- Tomei conhecimento da decisão pela imprensa e pela assessoria jurídica do Partido Democratas;

2- Ainda não fui formalmente notificada da decisão para poder tomar posse como prefeita de Várzea Grande;

3- Aguardarei a notificação formal para fazer qualquer pronunciamento sobre a nova administração. Sabemos que Várzea Grande precisa de mudanças urgentes e só posso assegurar que a nossa cidade terá uma trabalhadora incansável.

4- Conheço Várzea Grande e nossa gente. Sempre trabalhei e lutei pela melhoria social dos mais carentes e necessitados de atenções básicas, e assim continuarei.

5- Ressalto a minha fé inabalável em Deus e na Justiça, que mais uma vez se manifestou em favor do povo, reestabelecendo a verdade;

6- Por fim, agradeço os apoios recebidos e ratifico que, após notificação, comunicarei a imprensa quais serão nossas primeiras ações para cuidar da nossa cidade e do nosso povo que tanto precisa.

Atenciosamente,

Lucimar Sacre de Campos
Várzea Grande, MT, 05 de maio de 2015”

premium

Ler Anterior

Justiça Eleitoral cassa mandato de Walace por “caixa 2”

Leia em seguida

Walace tenta manobra para evitar posse de Lucimar Campos em VG

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *