> Juvam leva jogo ecológico para Jaciara

O Juizado Volante Ambiental (Juvam) de Cuiabá levou o jogo Rebojando para as crianças do município de Jaciara (154 km de Cuiabá) nos dia 18 e 19 de março. Durante dois dias a garotada aprendeu brincando como cuidar do meio ambiente, principalmente da fauna e da flora pantaneira.

Na sexta-feira (18 de março) a equipe do Juvam realizou a brincadeira no auditório da cidade, com uma turma muito animada, que pulou, brincou, interagiu e aprendeu. No sábado (19 de março) o Rebojando foi apresentado para os alunos da Escola Estadual Santo Antonio, que sediou o 1º Mutirão da Justiça Comunitária, onde dezenas de serviços foram ofertados gratuitamente à população de Jaciara.

O espaço onde funciona o refeitório da escola se transformou em uma grande arena de diversão, onde as crianças puderam fazer pinturas, ler e brincar no Rebojando. Os bancos do refeitório formaram um grande retângulo e no centro foi estendido um enorme tabuleiro, para que todos pudessem jogar.

Os times foram formados e a brincadeira começou. A euforia tomou conta do lugar, já que a disputa para levar um jogo para casa era grande. Todos queriam acertar as respostas e sair vencedor.

“Eu nunca tinha visto um jogo assim. Gostei muito deste tabuleiro grande, a gente pode andar em cima dele. Eu estou achando muito divertido, quero que meu time ganhe para eu levar um jogo para minha casa, quero brincar com as minhas amigas”, disse a estudante Maria Siqueira, 9 anos.

Pela primeira vez no município, o objetivo do Juvam, por meio do jogo, é conscientizar, principalmente as crianças, sobre a importância de preservar um dos mais complexos e sensíveis ecossistemas do planeta, o Pantanal.

O trabalho do Juvam foi elogiado pelo presidente do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, desembargador Paulo da Cunha, durante o Mutirão da Justiça Comunitária. “Quero agradecer a equipe do Juvam, na pessoa do juiz Rodrigo Curvo, por despertar nas crianças, por meio do jogo Rebojando, a consciência ambiental. As crianças estão aprendendo a cuidar do meio ambiente de forma divertida. Se quisermos ter qualidade de vida temos que cuidar do meio onde vivemos e isso começa com pequenas atitudes”, destacou.

Rebojando – O jogo consiste em um tabuleiro de papelão (tamanho A4) onde foi traçado um percurso – de Barão a Poconé. O objetivo do jogo é se deslocar de um ponto ao outro. Para isso, é preciso responder perguntas referentes ao meio ambiente. Quem acerta vai pulando casas até chegar ao destino final. As perguntas constam em uma cartinha, composta de questões.

O jogo já foi levado duas vezes ao Projeto Ribeirinho Cidadão, em 2015 e 2106, e apresentado em várias escolas públicas, com grande aceitação por parte das crianças.

O juiz do Juvam, Rodrigo Curvo, ressalta que este trabalho de educação ambiental só é possível graças ao empenho da equipe que integra o Juizado. “Estamos muito honrados em poder levar este trabalho de educação ambiental para outros municípios. A aceitação está sendo excelente. Estamos felizes com o resultado, pois acredito que o objetivo foi alcançado”.

premium

Ler Anterior

23/03/2016- Comarca de Várzea Grande inicia projeto de reciclagem

Leia em seguida

23/03/2016 – OAB-MT reforça posição pró-impeachment em reunião com entidades

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *