“Janela da Dramaturgia” seleciona texto de Joelson Jogosi, dramaturgo cuiabano.

10/08/2018 – A mostra anual de textos inéditos, Janela da Dramaturgia, é hoje uma das principais vitrines nacionais de divulgação, diálogo e incentivo da escrita teatral brasileira. O evento, que é apresentado e patrocinado pelo Ministério da Cultura e pelo Banco do Brasil, realizado no Centro Cultural Banco do Brasil Belo Horizonte, chega a sua sexta edição. A curadoria escolheu o texto “O Candidato”, do dramaturgo cuiabano, Joelson Jogosi, como um dos participantes do evento, que acontece de agosto a dezembro de 2018.

Joelson, formado em Letras pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), tem especialização em Literatura Ibero-americana pela instituição, é membro do coletivo de leitura de cena, Parágrafo Cerrado, e colaborador do Cena Livre de Teatro, grupo de extensão em cênicas pela UFMT. “Quando soube do resultado, fiquei muito feliz em representar a nossa produção de texto teatral em um evento tão relevante nacionalmente. Existe um movimento, ainda singelo, mas existe, de reconhecimento artístico a nível nacional atualmente, e me sinto realizado de, com a aprovação no “Janela da Dramaturgia”, fazer parte dele.” Disse.

O professor e teatrólogo iniciou sua trajetória pelo Pessoal do Ânima, grupo do antigo Cefet-MT, e já havia sido premiado com a sua primeira peça, “A Trama”, levando o prêmio de melhor dramaturgia e de melhor espetáculo, no FestiÂnima 2003. “Vejo o Janela como uma grande oportunidade de exposição dramatúrgica, sinalizando tendências e possibilitando que os autores ganhem visibilidade no cenário nacional.” Completou.

Perguntado sobre o método da escrita de “O candidato”, Joelson afirma o processo foi um pouco demorado, pois ainda não tinha certeza de como a escrita seria conduzida. “A composição foi feita como num quebra-cabeça, com quadros escritos isoladamente e depois fui montando, pela própria organicidade do desenrolar da personagem, que sofre muita opressão, de uma forma que fizesse sentido. O texto navega num universo da Literatura Fantástica e do Teatro do Absurdo, leituras que me agradam bastante, além de dialogar com o Teatro Contemporâneo e Performático”.

Joelson terá seu texto apresentado, lido e discutido por personalidades do teatro mineiro, com abertura ao público, no dia 29 de agosto de 2018, dentro da programação oficinal da Janela da Dramaturgia.

 Da Redação

premium

Ler Anterior

Nova sede do 2º Ofício de Várzea Grande é inaugurada

Leia em seguida

Judiciário contribui para estabilidade democrática, afirma Toffoli

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *