> Instituições hospitalares filantrópicas cobram melhoria nos investimentos da saúde

Articulado pela Bancada Federal de Mato Grosso, diretores das Santas Casas de Misericórdia e entidades hospitalares filantrópicas se reuniram na tarde desta segunda-feira (21), em Cuiabá, com o secretário Estadual de Saúde, Marco Bertúlio para discutir as demandas das unidades de saúde, dentre elas, a crise financeira e à recomposição dos valores da tabela do Sistema Único de Saúde (SUS), em que alguns casos ultrapassam mais de 400%.

O secretário estadual ouviu de cada representante as dificuldades existentes nas instituições, responsáveis por prestar relevantes serviços à sociedade. Bertúlio destacou que está atento aos problemas e cumprindo as obrigações na medida do possível, assegurou ainda buscar alternativas viáveis para que as santas casas e hospitais filantrópicos tenham suas demandas atendidas.

Com problemas financeiros que se penduram há anos, os representantes apontaram estar à beira de um colapso e cogitaram fechar as portas em decorrência do deficit mensal, o que tornou inviável a realização dos atendimentos realizados por meio da tabela do SUS, inalterada há 12 anos.

Foi lembrado na reunião que a Santa Casa de Cuiabá, Hospital Beneficente Santa Helena, Hospital Geral Universitário, Hospital de Câncer de Mato e Santa Casa de Rondonópolis oferecem juntas 900 leitos, 4 mil consultas e no mínimo 350 cirurgias ao SUS.

Sensíveis aos problemas, o coordenador da Bancada Federal de Mato Grosso, deputado federal Ezequiel Fonseca (PP) e vice coordenador, deputado federal Victório Galli (PSC) asseguraram, durante reunião, reforçar a reivindicação junto ao governo do Estado e a trabalhar a situação no Congresso Nacional, através da Frente Parlamentar Mista em Defesa das Santas Casas e Hospitais para que se discuta e implemente a melhoria dos investimentos na saúde pública que se encontra no vermelho.

Ao final, ficou definida a realização de uma nova reunião na próxima segunda-feira com o governador Pedro Taques. Dentre os presentes, estava o presidente da Santa Casa de Cuiabá, médico Antônio Preza; o Diretor Geral do Hospital Santa Helena, Marcelo Sandrin; o Representante da Santa Casa de Rondonópolis, Marley Ferreira, a presidente da Federação das Santas Casas Hospitais Filantrópicos do Estado de Mato Grosso, Maria Elisabeth.

Além de Ezequiel Fonseca (PP) e Victório Galli (PSC) a bancada federal de Mato Grosso é composta pelos deputados federais Adilton Sachetti (PSB), Fábio Garcia (PSB), Nilson Leitão (PSDB), Ságuas Moraes (PT), Valtenir Pereira (Pros), Carlos Bezerra (PMDB) e senadores Wellington Fagundes (PR), José Medeiros (PPS) e Blairo Maggi (PR). POR Adrielle Piovezan-Asessoria

premium

Ler Anterior

Condições de trabalho de advogado

Leia em seguida

> Lucas divulga gabarito para processo seletivo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *