IAB exalta indicação de Fachin para o STF

O jurista gaúcho Luiz Edson Fachin, de 57 anos, consócio do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB) desde 1993, teve seu nome exaltado pelo presidente do IAB, Técio Lins e Silva, na sessão ordinária desta quarta-feira (15/4), por ter sido indicado pela presidente Dilma Rousseff para ocupar a vaga aberta no Supremo Tribunal Federal (STF), com a aposentadoria do ministro Joaquim Barbosa. Professor de Direito Civil da Universidade Federal do Paraná (UFPR), mestre e doutor em Direito das Relações Sociais, Luiz Fachin tem pós-doutorado no Canadá e é sócio fundador de um escritório, em Curitiba, especializado em arbitragem e mediação no Direito Empresarial.

Formado pela UFPR em 1980, Fachin ocupa atualmente uma das cadeiras da Academia Brasileira de Letras Jurídicas. Desde os anos 1980 atua na área acadêmica, tendo publicado dezenas de livros, principalmente sobre Direito Civil. Fachin também integra a Academia Brasileira de Direito Constitucional, a Academia Brasileira de Direito Civil e o Instituto dos Advogados do Paraná (IAP). O candidato à vaga no STF integrou a comissão do Ministério da Justiça para a Reforma do Poder Judiciário e o Instituto de Altos Estudos da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG).

Assessoria de Imprensa
Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB)
jornalista Ricardo Gouveia

premium

Ler Anterior

Sorriso capacita novos mediadores

Leia em seguida

Canarana convoca entidades para receber recursos

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *