Homenagem no STM a advogados que atuaram durante o regime militar

Dez áudios com sustentações orais feitas pelos advogados Sobral Pinto, Heleno Fragoso, José Luiz Clerot e o atual presidente do Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB), Técio Lins e Silva, no plenário do Superior Tribunal Militar (STM), entre 1976 e 1980, em defesa de presos políticos enquadrados na Lei de Segurança Nacional, se tornarão públicos com a exposição “Vozes da Defesa”, que o STM irá inaugurar, nesta segunda-feira (9/3), às 17h, no saguão do Museu da Justiça Militar da União, em Brasília. A partir do dia 10 de março, a exposição ficará aberta das 12h às 19h.

A cerimônia de abertura será conduzida pelos presidentes do STM, ministra Maria Elizabeth Rocha, e do Conselho Nacional da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Marcus Vinícius Furtado Coêlho. As duas instituições celebraram parceria para a digitalização de todos os áudios das sessões de julgamentos do STM, entre 1975 e 2004. O IAB, conforme convênio firmado com a mais Alta Corte militar do País, ficou responsável pela preservação digital das mais de 21 milhões de páginas do acervo processual do STM, fundado em 1808.

A partir de 1975, o STM passou a registrar em áudio as sessões plenárias, tanto as de julgamento quanto as administrativas. Na exposição, o visitante poderá assistir a um vídeo com o registro de etapas do trabalho de digitalização. Estarão disponíveis também cópias em papel de peças de cada um dos processos, trazendo partes importantes dos julgados, como com a denúncia, a defesa e o acórdão.

Instituto dos Advogados Brasileiros (IAB)
jornalista Ricardo Gouveia

premium

Ler Anterior

Câmara dos Deputados aprova PEC da Bengala em primeiro turno

Leia em seguida

Juízes poderão participar de curso sobre drogas

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *