Gestores de Rondonópolis conhecem ‘Escritório de Projetos’

03/09/2016 – A Coordenadoria de Planejamento do Tribunal de Justiça de Mato Grosso (Coplan) capacita cinco gestores da Comarca de Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá) sobre o tema“Conhecendo o Escritório de Projetos”, nesta sexta-feira (2 de setembro), das 9h às 18h. A iniciativa concebida pela Coordenadoria tem como propósito a aproximação e conhecimento dos servidores do interior acerca das atividades desenvolvidas na sede do Poder Judiciário.

 

Dentre as temáticas ministradas ao longo do curso estão: planejamento estratégico, gestão de projetos e gestão orçamentária.

 

O pequeno grupo de servidores foi recepcionado pela diretora-geral do TJMT, Suseth Lazarini, na Presidência. Ela também encaminhou os servidores à Diretoria-Geral, onde sintetizou a importância deste tipo de orientação técnica. “É extremamente relevante socializar os conhecimentos da equipe de planejamento com os integrantes das comarcas. É a oportunidade para que ambos conheçam a realidade um do outro. Essa capacitação visa a evolução vivenciada pelo Judiciário, que resulta no aprimoramento dos serviços jurisdicionais prestados”.

 

Aprendizado que, segundo o coordenador de Planejamento, Afonso Maciel, consiste na integração das áreas de projeto da sede do PJ com a área administrativa das comarcas. “Acreditamos ser muito positivo esse compartilhamento técnico, de modo que possamos habilitar os servidores do interior para a implementação e gestão de projetos consistentes. O próximo passo será difundir o projeto in loco, iremos levá-lo até as comarcas”.

 

O curso que para muitos passaria como algo comum foi descrito como um dia memorável e emocionante pela gestora administrativa da Comarca de Rondonópolis, Nilza Rodrigues Andrade. “Embora tenha 28 anos de serviço, nunca havia conhecido a Presidência, a Diretoria-Geral e nem mesmo a Coplan, só mesmo por meio de notícias do site e da TV.Jus. Estou lisonjeada de ver tudo de perto e mais, de obter novos conhecimentos e trocar experiências profissionais”.

 

Para a gestora-geral, Priscilla Bosco, a instrução servirá principalmente para a melhoria dos serviços ofertados ao cidadão. “Todo conhecimento que adquirimos sobre planejamento irá nos nortear e, consequentemente, mudará nossa realidade frente aos serviços que oferecemos aos jurisdicionados”.

 

A expectativa é de atingir 13 comarcas até o final deste ano, com dois encontros ao mês. Os primeiros qualificados foram os gestores das comarcas de Cuiabá e Várzea Grande. Os próximos serão os gestores das comarcas de Sinop, Tangará da Serra, Sorriso, Primavera do Leste, Cáceres, Lucas do Rio Verde, Poconé, Chapada dos Guimarães e Barra do Bugres.

 

Conceito – O Escritório de Projetos trabalha com os projetos estratégicos do Poder Judiciário, aprovados pelo Tribunal Pleno e chancelados pelo CNJ. Nele estão aglutinados 14 objetivos estratégicos, que originaram outros 34 projetos, dos quais 25 se encontram em andamento nessa gestão. O escritório cuida especificamente desses projetos e da ligação deles com as comarcas, com o próprio Tribunal e com a área estratégica do Judiciário.

 

Leia mais:

 

Gestoras de VG participam de projeto da Coplan

http://www.tjmt.jus.br/noticias/45468

 

Coplan capacita servidores em gestão de projetos

http://www.tjmt.jus.br/noticias/45276

 

Projeto incentiva comarcas a ir além da rotina

http://www.tjmt.jus.br/noticias/45244

 

 

Viviane Moura

premium

Ler Anterior

Eleições 2016: 96% dos requerimentos de registros de candidaturas de Cuiabá já foram julgados

Leia em seguida

Juiz de Rondonópolis ministrou palestra a policiais sobre crimes eleitorais

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *