Futuro de Barranco e Taborelli será decidido nesta semana

O futuro político de Valdir Barranco (PT) e do deputado Pery Taborelli (PV) podem ser definidos na próxima quinta-feira (23) pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

A expectativa da defesa do petista é de que o ministro Gilmar Mendes coloque o processo em pauta na sessão após o feriado.

O agravo regimental já conta com três votos favoráveis e um contrário até o momento.

A defesa tem a convicção de que Barranco conquistará o registro de candidatura e esteja apto assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa o maior rápido possível. Esta nova legislatura já irá completar três meses de mandato.

Este clima de incerteza já despertou os ânimos do deputado Taborelli que fez graves acusações contra Barranco e chegou a dizer que iria representar contra o ministro Dias Toffoli no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) por não aceitar o voto dele favorável ao petista.

Por outro lado, Barranco disse que iria processar o coronel por calúnia, difamação e injúria. O petista teve o registro de candidatura negado pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) por ter tido as prestações de contas da prefeitura de Nova Bandeirantes rejeitadas pela Câmara municipal.

A defesa alega que a rejeição ocorreu por vingança, já que o ex-prefeito denunciou os vereadores por estarem fazendo extorsão. Na época os parlamentares foram presos e o assunto ganhou destaque nacional. Recentemente, o decreto da rejeição das contas foi anulado e os balancetes, aprovados pela Câmara, seguindo, inclusive, a recomendação prévia do Tribunal de Contas do Estado.

No entanto, o Ministério Público Estadual ingressou com ação na Justiça para suspender a sessão legislativa. Caso o registro de Barranco seja deferido, Pery Taborelli perde a vaga na Assembleia Legislativa.

FONTE ALLINE MARQUES
DIÁRIO DE CUIABÁ

premium

Ler Anterior

STJ consolida jurisprudência a favor dos direitos das gestantes

Leia em seguida

Bezerra recorre e diz que provas não têm “fé pública”

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *