Enfermeiras choram por fechamento de UTI em Rondonópolis e Governo repassa R$ 30 mi à Saúde

15/11/2017 – A UTI pediátrica da Santa Casa de Rondonópolis fechou oficialmente as portas nesta segunda-feira (13) por falta de recursos em manter internações e realizar atendimentos. Desde a semana passada a unidade não recebia novos pacientes, mas após a transferência das duas últimas crianças fechou oficialmente. A Secretaria de Estado de Saúde (SES) afirmou que fez o repasse de mais de R$ 300 mil na sexta-feira (11), no entanto, a assessoria do hospital disse que ainda não receberam o dinheiro.

A Santa Casa de Rondonópolis já está em paralisação há 20 dias. A UTI adulto, neonatal, cirurgias cardíacas e maternidade estão funcionando somente com atendimentos de urgência e emergência. Cerca de 80 cirurgias eletivas foram desmarcadas.

O Cuiabahoje noticiou ontem (14) o repasse do Governo Do Estado MT através de infirmaçóes da  Assessoria SES/MT ,que a  SES confirmou que concluiu na sexta-feira (10) o pagamento dos R$ 30 milhões repassados pela Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) na última semana. Desse total, parte foi destinada para o pagamento do mês de junho para a atenção básica para os 141 municípios (serviços de assistência farmacêutica, regionalização e PAICI).

A Secretaria também afirmou que os hospitais filantrópicos já receberam o repasse de outubro, referente à segunda parcela da ajuda financeira voluntária emergencial feita pelo Governo do Estado, no valor total de R$ 2.500.009,00. Esse valor é distribuído entre os seguintes hospitais: Santa Casa de Rondonópolis – R$ 337.865,55; Santa Casa de Cuiabá – R$ 659.327,89; Hospital Geral Universitário (Cuiabá) – R$ 691.636,67; Hospital de Câncer de Mato Grosso (Cuiabá) – R$ 348.241,48; e Hospital Santa Helena (Cuiabá) – R$ 465.937,41.

A assessoria da Santa Casa de Rondonópolis, no entanto, afirmou que o valor ainda não caiu na conta do hospital. Dos repasses previstos no acordo assinado durante reunião realizada pelo Governo do Estado de Mato Grosso, no dia 17 de agosto, o último recebido foi o referente ao mês de julho, no valor de R$ 868.429,36.

A SES também disse que a Sefaz prometeu na semana passada o repasse de mais R$ 20 milhões para a Saúde, mas que o valor ainda não foi repassado. A Secretaria afirmou que a emenda impositiva da bancada federal no valor de R$ 126 milhões deve ajudar a melhorar a situação. De acordo com a Santa Casa de Rondonópolis, os valores atrasados ultrapassam os R$ 5 milhões.

Os valores são repassados pelo Estado para as prefeituras, que devem então fazer os pagamentos aos hospitais. A assessoria da Santa Casa disse que apenas depois que o valor prometido estiver em conta será possível avaliar quais atendimentos retornarão.

A Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) se manifestou apenas dizendo que “na sexta-feira terá uma reunião com o governador para tratar sobre os recursos da saúde”.

Uma reportagem do Rondonópolis Urgente, desta segunda-feira (13), registrou o momento em que a UTI pediátrica foi fechada. Com tristeza as enfermeiras falaram com a reportagem e não contiveram as lágrimas. Foto Reprodução

premium

Ler Anterior

STF investiga Valtenir Pereira por gastos em “posto da propina”

Leia em seguida

Cadê o Ministério Público que estava aqui?

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *