Disputa na Ordem: Já tenho candidato para presidente da OAB-MT

A campanha para a presidência da OAB-MT já está nas ruas, e o tema começou a virar pauta obrigatória nos escritórios, nos fóruns de justiça, nos órgãos jurídicos das empresas e entes estatais e nas academias de direito.

A discussão aumenta pois tratamos de uma das instituições mais creditadas e respeitadas da sociedade brasileira, cuja história vem desempenhando um papel vanguardista como usina de ideias e trincheira de lutas na construção do Estado Democrático de Direito.

Nesse contexto social, institucional e corporativo, desponta o nome de Leonardo Campos, atual presidente da Caixa de Assistência dos Advogados da OAB-MT, cuja candidatura, incontestavelmente se apresenta como a mais preparada para dar respostas que a sociedade e a classe dos advogados esperam, ou seja, uma OAB-MT forte, independente, atuante e pró-ativa, com advogados valorizados e respeitados, que sejam protagonistas de uma advocacia combativa, leal e eficiente.

Com Leonardo Campos na presidência da OAB-MT, ganha a instituição, ganham os advogados e ganha a sociedade. Léo, como é carinhosamente tratado, conhece a OAB como ninguém. Conhece sua estrutura e sua alma. Conhece suas demandas e necessidades. Conhece sua missão e objetivos. Léo está na OAB desde muito jovem, desde o tempo de acadêmico. Neste período esteve no palco de todas as lutas travadas pela Ordem.

Foi presidente da Comissão de Meio Ambiente, coordenador das comissões temáticas, presidente da Caixa de Assistência dos Advogados, enfim, Léo respira OAB. Léo transpira advocacia. Leonardo Campos é a candidatura mais natural e legítima de todas as quantas possam se apresentar ao pleito da OAB-MT neste ano.

Todas as candidaturas merecem o meu respeito, entretanto, não há como negar que o nome de Leonardo Campos é o melhor, o que mais se harmoniza com o propósito de uma OAB cada vez mais forte, independente e conectada com os anseios da sociedade.

Peço vênia para registrar aqui minha divergência com o atual presidente da instituição, Maurício Aude, que manifestou sua opção pela candidatura da doutora Cláudia Aquino.

Portanto, quero conclamar a todos os advogados mato-grossenses, em especial aos advogados públicos, cuja carreira tive a honra de pertencer por 31 anos, a cerrarem fileira com o advogado Leonardo Campos, apoiando e votando em seu nome para a presidência da OAB-MT no pleito deste ano.

Quem me conhece sabe que prezo o trabalho, a seriedade, a competência a honra e a dignidade, e Leonardo Campos tem o meu apoio, pois reconheço nele todos esses predicados.

Maurides César Leite é advogado em Cuiabá

premium

Ler Anterior

25/08/2015 – Defesa de Roseli não espera mérito e ingressa com HC no STJ

Leia em seguida

26/08/2015 – Desembargador José Zuquim mantem bloqueio de R$ 8 milhões de Sergio Ricardo

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *