DEDICAÇÃO E LUTA PELA ACADEMIA MATO GROSSENSE DE LETRAS

Chegou ao fim uma grande e histórica gestão na Academia Mato Grossense de Letras!

Eduardo Mahon II após dois anos frente a Presidência da AML, transformou, reformou, reformulou, operou mudanças, quebrou paradigmas, e o mais importante, abriu as portas da Casa Barão de Melgaço para toda a cuiabania ávida por cultura, trouxe para dentro da casa jovens estudantes, poetas, escritores, artistas, musicistas, cancioneiros e todos que respiram arte, poesia e literatura. Mahon emprestou a Casa, todo seu espírito de audácia e juventude para dizer a todo mundo que cultura não se faz de portas fechadas. Meu querido amigo, agradeço do fundo do meu coração a oportunidade em ter feito parte do Cerimonial da AML durante a sua gestão. Agradeço a sua total confiança em mim e em minha equipe. Estou e estarei sempre a sua disposição em qualquer projeto pessoal e profissional, pois depois desta brilhante e inesquecível gestão, tenho certeza que por onde for e em qualquer que seja a gestão que administrar, você certamente transformará para melhor o que propuser a fazer. Agora lhe resta curtir seus lindos filhos, sua querida esposaClarisse Azevedo Mahon, desfrutar da companhia do seu amado pai Geraldo Mahon e claro, trabalhar muito em seu escritório onde conta com o apoio incansável dos queridos escudeiros Atailse e Roney. Parabéns pelo dever cumprido!!TEXTO Izis Dorileo

 

premium

Ler Anterior

LAZER COM A FAMILIA

Leia em seguida

Legislativo poconeano: na contramão da historia

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *