COVID-19 : Trabalhadores da limpeza urbana são vacinados

Nesta semana, a prefeitura de Várzea Grande está vacinando os garis contra o Covid-19. Os trabalhadores da limpeza urbana são prioritários devido à exposição ao novo coronavírus pelas funções desempenhadas.

Carlos Gonçalves de Almeida Prado se sentiu aliviado após a primeira dose da vacina. “Eu peguei Covid no ano passado e fiquei 27 dias muito mal e agora sei que não vou passar por isso de novo”, comentou o fiscal de limpeza pública, que coordena uma equipe de oito pessoas que limpam vários bairros.

“Sou gari já há um ano e dez meses e estou feliz por poder trabalhar mais protegida”, explica Ivani Silvina Anjos, de 41 anos. Apesar de seguirem os protocolos de segurança como trabalhar somente utilizando máscaras, respeitar o distanciamento e aplicar álcool em gel, ela explica que, estando imunizada, vai ser melhor. “Antes eu era do lar, agora eu tenho meu trabalho, ganho meu salário em dia e é uma maravilha estar vacinada”, complementou.

Neimar Toledo, diretor da Eletroconstro Prestação e Terceirização de Serviços explica que toda a população ganha com a vacinação. “Somente pela nossa empresa, 160 profissionais de limpeza urbana terão recebido a primeira dose da vacina contra o Covid-19”, ressalta. “Isso dá mais segurança aos trabalhadores, suas famílias e também aos pedestres que circulam pelas áreas públicas de Várzea Grande”, completa.

Além dos garis, outros profissionais que trabalham nas empresas terceirizadas também serão vacinados. É o caso de Nara Gadomski da Silva, de 53 anos e cozinheira há seis anos na Eletroconstro. “O primeiro passo já foi dado, agora é só esperar a segunda dose”, conclui.

Assim como ocorreu em Cuiabá no mês passado, as empresas ficaram responsáveis por encaminhar os cadastros e documentação de todos os profissionais aptos a serem vacinados. Redação JA com informações Dialum/ Foto: Reprodução

 

Rocha

Ler Anterior

Seleções chegam dia 11 em Cuiabá sob forte esquema de segurança pública e privada

Leia em seguida

Gasolina no Centro-Oeste atinge o maior preço desde o início do ano é a mais cara do País, aponta Ticket Log

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *