Corregedoria incentiva projetos de adoção

A Corregedoria Geral da Justiça (CGJ) participa de dois importantes eventos da Associação Matogrossense de Pesquisa e Apoio à Adoção (Ampara), esta semana. A parceria entre as instituições já é antiga e se fortalece a cada ano, com objetivo de preparar os pretendentes à doação conforme a Lei nº 12.010/2009.

A desembargadora Cleuci Terezinha Chagas representa a CGJ no Grupo Reflexivo nesta terça-feira (10 de fevereiro), às 19h, no auditório da Promotoria de Justiça da Infância e Juventude de Cuiabá. Durante o encontro, quatro jovens vão apresentar suas experiências na condição de filhos adotivos.

Na quarta-feira (11 de fevereiro), o juiz auxiliar da Corregedoria Luiz Octávio Oliveira Saboia Ribeiro participa do Pós-Adoção, às 18h30, no auditório do Juizado da Infância e Juventude. O projeto consiste na realização de reuniões mensais com pais adotivos, visando contribuir para uma melhor convivência familiar por meio da troca de experiências. Nesta edição, dois pais adotivos conduzirão o debate sobre “Consumismo Infantil”.

Ampara – A Associação Matogrossense de Pesquisa e Apoio à Adoção é uma entidade sem fins lucrativos que busca solução para as questões relativas ao abandono de crianças e adolescentes mediante o incentivo à adoção, prevenção quanto ao abandono e orientação às famílias, bem como a contribuição para garantir às crianças que se encontram institucionalizadas o direito à convivência familiar.

CGJ-MT

premium

Ler Anterior

OABMT buscará informações do processo que condenou advogados previdenciários e verificar se cabe recurso

Leia em seguida

21ª Subseção organiza circulação em Lucas do Rio Verde

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *