Cooperativismo de MT se prepara para visita do MEC

20/06/2016 – A partir de hoje(20 e 21) mais um passo será dado rumo a concretização da Faculdade do Cooperativismo de Mato Grosso, idealizada pela Organização das Cooperativas de Mato Grosso – Sistema OCB/MT. O processo de registro da Faculdade é longo e composto por diversas etapas. Em setembro de 2015 foi feita a abertura da Plataforma do Ministério da Educação – Sistema E-mec, e a próxima etapa será a avaliação será in loco das instalações e entrevistas com o corpo docente da faculdade.

Essa visita técnica vai atender as diretrizes e procedimentos estabelecidos pelo Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior – SINAES. A Coordenação de Avaliação dos Cursos de Graduação e Instituições de Ensino Superior da DAES/INEP enviará dois avaliadores credenciados à sede do Sistema OCB/MT, onde a Faculdade irá funcionar, para fazer uma análise referente ao ato regulatório Autorização Vinculada a Credenciamento.

“A visita dos avaliadores do Ministério da Educação será um momento muito importante para concretizar um processo que começou há 15 anos. Estamos preparados para mais essa etapa e acreditamos que a educação direcionada para atender as demandas das nossas cooperativas. Será uma ferramenta poderosa para prover as transformações necessárias para o desenvolvimento do cooperativismo mato-grossense”, disse o presidente do sistema OCB/MT, Onofre Cezário de Souza Filho.

No último dia 10 de junho, na sede do Sistema OCB/MT, em Cuiabá, foi realizada reunião com os professores que compõem o grupo docente (Núcleo Docente e Estruturante) e os dirigentes da Faculdade de Ensino de Pesquisa do Cooperativismo – FEPCOOP – responsáveis pela construção acadêmica e processo de registro junto ao MEC. A reunião foi preparatória para receber a Comissão Avaliadora do Ministério da Educação e atender as exigências formais.

A assessora Estratégica do Sistema OCB/MT, Janete Carmen Dalabarba, ressaltou durante a reunião, que o processo de registro junto ao MEC vem sendo cumprido e que estão preparados para receber os avaliadores. “Vamos mostrar a estrutura física, um corpo docente de alto nível e uma demanda muito grande para ser atendida no cooperativismo em nosso estado. Temos um campo fértil para trabalhar e que os números comprovam a sua sustentabilidade”.

E os números são realmente ponto forte na necessidade da instalação de uma faculdade voltada para o cooperativismo. Hoje estão cadastradas no Sistema OCB/MT 171 cooperativas e 304 Filiais; são 366.123 mil cooperados; 8.512 Empregados em Mato Grosso. Isso significar dizer que existem 171 presidentes de cooperativas, 1.800 conselheiros e ao menos, 400 gerentes, como possíveis alunos. Só em Cuiabá, onde a Faculdade do Cooperativismo irá funcionar, são 33 cooperativas e 23 Filiais, com 33.883 cooperados e 1.718 Empregados.

“A busca por conhecimento é crescente no cooperativismo mato-grossense. Tanto, que já estamos na 15ª turma de cursos de pós-graduação em gestão de cooperativa e não conseguimos atender a todas as solicitações. A Faculdade do Cooperativismo é uma necessidade urgente e Mato Grosso está preparado para recebê-la”, pondera o superintendente do Sistema OCB/MT, Adair Mazzotti.

“Ao longo de 15 anos construímos uma nova instância da educação, que será a Faculdade do Cooperativismo. Será uma grande mudança e as cooperativas tomaram para si a outorga desse processo de ensino superior, terá uma matriz para atendimento específico para o nosso modelo de negócio. Será, sem dúvida, um grande ganho para a Instituição e a sociedade”, ressaltou Lucia Laura Teixeira, coordenadora de Educação Corporativa do Sistema OCB/MT.

A Faculdade do Cooperativismo terá como mantenedora o I.COOP – Instituto do Cooperativismo de Mato Grosso, composto pelo Sistema OCB/MT e as cooperativas. Essa será a segunda faculdade voltada para o cooperativismo no Brasil. A primeira é a Escoop, do Sistema OCERGS, no Rio Grande do Sul.

Docentes da FEPCOOP – Faculdade de Ensino e Pesquisa do Cooperativismo:
Dr. Laudicério Aguiar Machado
Me. Janete Carmen Dalabarba
Dra. Neiva de Araujo Marques
Esp. Marco Aurelio Bellato Kaluf
Esp. Carla Machado
Esp. Lúcia Laura de Moraes Teixeira
Me. Israel Sciência
Dr. Walter Cácio da Costa Milomem
Esp. Wilson José da Silva
Me. Sírio Pinheiro da Silva
Direção Geral – Me. Janete Carmen Dalabarba
Coordenação do Curso – Dra. Neiva de Araújo Marques

Redação JA
Por Rosana Vargas

premium

Ler Anterior

instituiu a Semana de Festividades e Tradições Nordestinas no Município de Cuiabá

Leia em seguida

STJ: MP não tem direito de acessar relatórios da PF não vinculados a investigações criminais

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *