Conselheiros debatem em Cuiabá o fortalecimento dos Conselhos Municipais de Educação

11/07/2016 – Começou na manhã desta segunda-feira (11), em Cuiabá, o XI Encontro Estadual dos Conselhos de Educação de Mato Grosso. Com a presença de especialistas do setor, durante dois dias representantes dos conselhos de todo o Estado estarão debatendo assuntos importantes, como o financiamento da educação, os planos municipais e as formas de controle e avaliação para que os conselhos acompanhem adequadamente as políticas públicas de educação em seus municípios.

Na abertura do encontro, que está sendo realizado no Mato Grosso Palace Hotel, a presidente do Conselho Municipal de Educação, Regina Lúcia Borges Araújo, deu boas-vindas aos presentes e presenteou o prefeito Mauro Mendes com o livro Gestão Educacional: Sistemas e Conselhos municipais de Educação, que foi lançado durante o evento. “É importante que o prefeito esteja junto com os conselhos, valorizando os controles sociais”, disse a presidente.

Para a secretária Municipal de Educação de Cuiabá, Marioneide Kliemaschewsk, o fortalecimento dos conselhos é de suma importância para a sociedade. “Diante das dificuldades e dos desafios, um dos assuntos mais importantes é o financiamento da educação, pois não existe plano municipal, estadual ou nacional de educação que possam ser executados se não tiverem os recursos para o financiamento”, afirmou.

De acordo com o presidente do Conselho Estadual de Educação, Carlos Alberto Caetano, atualmente existem duas propostas que estão à espera de homologação por parte do Ministério de Educação para ampliar o repasse de recursos para o financiamento da educação. O Custo Aluno Qualidade Inicial (CAQI) é o que mede todos os insumos que uma escola precisa ter para a educação, seja de crianças indígenas, quilombolas ou da cidade, e também para a formação de professores.

“A outra proposta é o Custo Aluno Qualidade [fusion_builder_container hundred_percent=”yes” overflow=”visible”][fusion_builder_row][fusion_builder_column type=”1_1″ background_position=”left top” background_color=”” border_size=”” border_color=”” border_style=”solid” spacing=”yes” background_image=”” background_repeat=”no-repeat” padding=”” margin_top=”0px” margin_bottom=”0px” class=”” id=”” animation_type=”” animation_speed=”0.3″ animation_direction=”left” hide_on_mobile=”no” center_content=”no” min_height=”none”][CAQ] para quando já estivermos estabilizados nos 5.655 municípios. São investimentos necessários para que a educação funcione de maneira a garantir a qualidade próxima a dos países de primeiro mundo”, disse o presidente do Conselho Estadual de Educação.

Em sua fala, durante a abertura dos trabalhos, o prefeito Mauro Mendes destacou que a educação é um dos maiores desafios. “Apesar de todos os esforços, os números ainda estão distante do que gostaríamos. O Brasil tem que avançar e, assim como outros países, principalmente os da Ásia, fazer uma revolução no setor, para dar um salto de qualidade”, disse Mendes.

O prefeito ressaltou os esforços que estão sendo feitos em Cuiabá para melhorar a qualidade da educação com investimentos na qualificação de professores, melhoria da rede física e ainda com a criação do programa de Avaliação Institucional da Rede Pública Municipal de Educação de Cuiabá e o Projeto Avaliar. Ele explicou que, como parte do programa, foi criado o Índice de Desenvolvimento da Educação da Rede Pública Municipal de Cuiabá (Idec). “O idec é um mecanismo de avaliação permanente da rede, e que permite, seguindo um princípio que funciona no mundo inteiro, treinar, avaliar, premiar, medir, controlar, para que você possa melhorar os seus resultados”, disse o prefeito.

A programação desta segunda-feira incluiu duas palestras abordando o Sistema de Educação, ministradas pelo professor Francisco Aparecido Cordão, do Conselho Nacional de Educação, e pela secretária-adjunta de Logística Escolar do Pará, Maria Beatriz Mandelert Padovani.

No encerramento da programação matutina, a secretária Marioneide coordenou a mesa que debateu O Papel dos Órgãos de Controle Social, que teve a participação da secretária do Tribunal de Contas de Mato Grosso, Cassyra Lúcia Correa Barros; do professor Bartolomeu José Ribeiro de Sousa, do Pró-Conselho da UFMT; e do promotor de Justiça Miguel Slhessarenko Junior, representando o Ministério Público.

O XI Encontro Estadual de Conselhos de Educação é organizado pela Prefeitura de Cuiabá (Secretaria Municipal de Educação e Conselho Municipal de Educação); Governo do Estado de Mato Grosso (Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer e Conselho Estadual de Educação), e a União Nacional dos Conselhos Municipais de Educação (Uncme).

Redação JA[/fusion_builder_column][/fusion_builder_row][/fusion_builder_container]

premium

Ler Anterior

Convenção partidária só pode ser realizada em município que possui diretório municipal ou comissão provisória vigente

Leia em seguida

Encontro promovido pelo TRE-MT vai orientar candidatos sobre questões práticas do processo eleitoral

Deixe um Comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *